Gato de rua encontrado com as patas congeladas e volta a andar

Sergei Gorshkov, veterinário, com Ryzhik com as patas de titânio. Crédito: REUTERS / Vladislav Nekrasov

Ryzhik provavelmente morreria congelado pelo rigoroso inverno siberiano quando foi resgatado já com as quatro patas completamente congeladas, na cidade de Tomsk, Rússia.

Dois anos depois, após cirurgia realizada pelo Dr. Sergei Gorshkov, o gatinho leva uma vida normal, caminhando, ainda que com dificuldade em quatro membros protéticos feitos de titânio. Ele foi um dos primeiros animais a ter os quatro membros implantados diretamente nos ossos.

A técnica usada é semelhante ao que se usa na odontologia humana com implantes dentários e os membros de Ryzhik foram produzidos atrave´s de uma impressora 3D.

com informações da Agência Reuters e dos jornalistas Gabrielle Tétrault-Farber e Alexandra Hudson