Parque de diversões em Cotia terá montanhas-russas, teleférico, zoológico e diversas opções

Cotia terá em breve um novo parque de diversões temático de grande porte: é o Animalia Park, que está sendo construído no km 39 da Raposo Tavares, e terá atrações radicais, como montanhas-russas, muitas atrações para crianças e famílias, teleférico, um zoológico, lojas e restaurantes, em um terreno de 350 mil metros quadrados com muita área verde e paisagismo. Para se ter ideia, o terreno é quatro vezes maior do que o do saudoso Playcenter, que ocupava 85 mil metros quadrados na Marginal Tietê.

Inclusive, o novo parque resgatará algumas atrações famosas no passado, como o Splash, do próprio Playcenter, que será reformulado e promete fazer muita gente entrar na fila para matar as saudades. Além disso, este é o primeiro parque temático a ser lançado no Brasil após um hiato de 22 anos.

O parque está sendo planejado e projetado desde 2013, conforme o São Paulo para Crianças contou nesta entrevista exclusiva com o criador do Animalia Park, Anael Fahel, presidente do Grupo ExpoAqua, dono do Aquário de SP e responsável pela operação da Cidade da Criança , parque da Prefeitura de São Bernardo do Campo.

Na época, Fahel revelou que pretendia inaugurar o parque – que ainda não tinha nome e chegou a ser chamado de “Parque dos Elefantes” ou “Parque de Cotia” – no fim de 2020, mas com a pandemia o ritmo das obras foram reduzidos. As obras estão em andamento e é possível, dependendo da conjuntura econômica e da pandemia, que o parque seja inaugurado no final deste ano. Vamos torcer!

Inclusive, alguns animais do futuro zoológico já estão vivendo no local – foram resgatados em situações de risco e estão recebendo todo o apoio e tratamento necessário.

Com o slogan “É divertido preservar”, o Animalia Park terá como tema ecologia e preservação da natureza e vida animal, e promete encantar adultos e crianças.

O parque será dividido em duas áreas: um zoológico e um parque de diversões com área coberta e área externa. As duas áreas serão conectadas por um teleférico e terão também como ponto de transição e conexão uma vila, com lojas, restaurantes e serviços de conveniência. Vai contar ainda com praça de alimentação e espaços de convivência.

Seguindo a linha dos empreendimentos internacionais, podemos perceber pelos vídeos e imagens divulgados até agora que o parque está investindo muito na tematização para proporcionar uma experiência imersiva aos visitantes. Logo na entrada a fachada já surpreende, com um paredão rochoso imenso, cheio de cascatas, um lago e um riacho passando por baixo, uma obra da Artificial Rocks, empresa que está cuidando de todo o paisagismo e tematização do Animalia Park, junto com a ZiX Entretenimento, contratada para desenvolver todo o conceito e projeto do parque em parceria com a equipe do Grupo ExpoAqua.

Atrações do parque

Vale lembrar que o parque está em construção e estamos em uma pandemia, então tudo pode mudar. Atrações podem ser canceladas, obras podem atrasar, planos mudam. As informações são as que temos confirmadas até o momento, em maio de 2021.

A escolha das atrações foi feita para agradar todas as idades, com um mix de atrações radicais, medianas e opções infantis e familiares, distribuídas em duas áreas: externa e interna – no caso, um galpão de 7.500 metros quadrados e 18m de altura, estratégia que garante o passeio mesmo em dias de chuva.

Essa área coberta será imersiva, ou seja, quando o visitante entrar pela passarela principal, vai se deparar com um painel com engrenagens coloridas no qual um show com música e projeções será apresentado várias vezes ao dia.

Os brinquedos e a cenografia terão proporções maiores, para dar a ilusão de que somos pequeninos, como formiguinhas, como no filme “Querida Encolhi as Crianças”.

Algumas atrações do Animalia Park foram adquiridas de empreendimentos que já encerraram operações e marcaram a juventude de muita gente, pois vieram de parques como Playcenter (SP) e Terra Encantada (RJ). Também foram comprados brinquedos do Beto Carrero World (SC) e novas atrações de fabricantes nacionais. Entre elas estão:

  • Montanha-russa Zyklon (Parc Magique/RJ)
  • Montanha-russa aquática Splash (Playcenter/SP)
  • Space Moon (Moreno’s Park /Itinerante)
  • Fábrica de Chocolate (Terra Encantada/RJ)
  • Xícaras Vitória-Régia (Terra Encantada/RJ)
  • Teleférico (Beto Carrero World)
  • Caravelas (Terra Encantada/RJ)
  • Tombô (Terra Encantada/RJ)

Por enquanto, já são mais de 20 atrações confirmadas na área coberta, entre elas um Carrossel grande com dois andares, um barco viking infantil, uma roda gigante de 17 metros de altura, um chapéu mexicano, a Fábrica de Chocolate, atração na qual o carrinho passa por cenários, efeitos, movimentos, com o tema ligado a doces, a montanha-russa vertical Space Moon, que está sendo redecorada com robôs, e mais uma montanha-russa familiar que não conseguimos identificar o tema.

O galpão terá ainda um Samba Tower, brinquedo que mistura a atração dos balões que giram com a da torre que despenca, um brinquedo no modelo skate (como o Diskô, do Playcenter Family, mas com layout retangular em vez de redondo, onze metros de altura e uma passagem por baixo) , uma montanha-russa infantil do tipo spinning (com assentos giratórios), entre outros.

Novos brinquedos ainda estão sendo adicionados a esse setor e conforme forem confirmados vamos atualizar a lista aqui.

Já na área externa, o que conseguimos apurar por é enquanto é que teremos um espaço com o tema Viking que vai integrar três brinquedos – a Barca Viking, o Splash, com um percurso alterado, maior e com mais uma descida, e a montanha-russa Zyklon, que será tematizada como um Castelo.

Essa área, conforme o pessoal do Hapfun contou em visita às obras, terá uma cenografia com castelos, torres, catapultas e até um Vulcão, e a ideia é que o carrinho do Splash passe por dentro do vulcão. Legal, heim?

Ainda serão divulgadas mais informações sobre as atrações e mundos da área externa, e considerando o tamanho do terreno, o parque terá chance de fazer muitas aquisições de brinquedos e expansões sem problemas.

A outra área externa é a vila, onde temos as estações do teleférico, que conecta o parque de diversões ao Zoológico, além dos restaurantes e lojas.

Além de proporcionar muita diversão e alegria, vale lembrar que o parque também vai gerar oportunidades de negócio, aquecer a economia local e gerar empregos para os moradores da região de Cotia. A estimativa é que o Animalia Park gere cerca de 500 vagas de empregos direto a partir de sua abertura.

+ Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória

Do São Paulo Para Crianças