Por conta do coronavírus, bancos vão suspender pagamento de dívidas em 60 dias

A Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) anunciou que os bancos Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander estão abertos e comprometidos em atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, dos vencimentos de dívidas de pessoas físicas e Micro e Pequenas empresas.

A medida é válida para os contratos vigentes em dia e limitados aos valores já utilizados. Os associados da federação estão trabalhando para evitar a propagação do novo coronavírus e vêm discutindo propostas para amenizar os efeitos negativos dessa pandemia no emprego e na renda, segundo a nota.