Investimento em turismo esquenta o comércio e vai gerar empregos em São Roque

Em pleno crescimento, apesar das mazelas da crise que insiste em prevalecer no Brasil, o setor de turismo se destaca cada vez mais no mercado, atrai empreendedores e prova sua potencialidade existente em torno do negócio. 

Pensando neste crescimento, a Divisão de Turismo de São Roque está convocando os profissionais e gestores de empresas da área, como hotéis, transportadoras e agências, para a realização ou atualização do cadastro junto ao CADASTUR, do Governo Federal, garantindo assim uma série de benefícios, como qualificação gratuita e acesso facilitado a crédito das empresas.

A atualização e manutenção dos cadastros junto ao CADASTUR permite também que o município obtenha recursos federais para investir no turismo. O procedimento é realizado através do site www.cadastur.turismo.gov.br e depois de concluído, tem validade de dois anos para empresas e cinco anos para pessoa física. Não há cobrança de taxa ou anuidade.

“Junto com o turismo, vem o estímulo à economia e a geração de empregos. A nossa gestão trabalha para trazer isso para São Roque, e ter os profissionais e empresas da área com o cadastro atualizado junto ao CADASTUR é muito importante para isso”, afirma o prefeito Guto Issa.

O repasse médio do Dadetur ( verba que é enviada pelo Governo de SP para as Estâncias Turísticas), é R$ 4 milhões para o município de São Roque e se baseia no número de empresas cadastradas.

O prefeito Guto Issa afirma que vai investir esse valor no turismo no centro de São Roque. “ Conversei com Arthur Bembom, presidente da Associação do Roteiro do Centro, e estamos pesando sobre qual melhor maneira de investir o dinheiro.

Reforço para os guias turísticos

Guto Issa, prefeito de São Roque, recebeu no Fundo Social de Solidariedade junto à primeira-dama e presidente da entidade, Josi Mattos, membros da ASGUIT (Associação São-Roquense de Guias de Turismo). No local, além de entrega de cestas básicas à categoria, Guto apresentou a proposta de criar um auxílio específico para a categoria, fortemente afetada pela pandemia.

“Não é a primeira vez que pensamos em um auxílio específico para ajudar uma categoria profissional a atravessar a crise da Covid-19. Artistas e trabalhadores do setor cultural já podem contar com a ajuda da nossa cidade, e agora estamos construindo um projeto para os guias de turismo”, afirma Guto.

Tanto a ação de distribuição de cestas quanto o projeto receberam elogios da Associação, presidida por Bianca Paes Garcia dos Santos.

“Há 15 meses em casa, com trabalho parado. Nosso trabalho é turismo, que tem muita aglomeração. Difícil trabalhar na pandemia. A gente já vinha demandando ajuda e auxílio. Temos famílias pra sustentar. É muito importante o olhar do governo com assistência e atenção. Queremos voltar, mas com segurança. Respeitamos e não queremos risco.  O auxílio é bem-vindo e agradecemos muito”, afirma Bianca.

Maria Fumaça

A Prefeitura de São Roque realizou na manhã do último sábado, 22, um teste de funcionamento nas locomotivas estilo Maria Fumaça adquiridas pelo município em 2010 para o desenvolvimento do turismo local.

Durante a manutenção e testes realizados, os técnicos avaliaram que a situação do maquinário é razoável. Um laudo será enviado para o Departamento de Desenvolvimento Econômico ainda nesta semana para que sejam avaliados os próximos passos para exploração turística.

O prefeito e alguns vereadores estiveram no local para assistir a prova. Guto disse que nos próximos meses pretende achar uma solução entre a concessionária do trecho e a CPTM para acelerar os processos licitatórios que permitirão o uso das máquinas e o turismo na Estação.

Catarina Fashion Outlet e Aeroporto Executivo

Segundo a revista Money Times, o Safra informou que o ramp-up do Catarina Aeroporto Executivo deve impulsionar a geração de caixa da JHSF, além de aumentar a atratividade dos demais ativos no universo “Catarina”.

As receitas da divisão também ganharão impulso com a internacionalização das operações, que deve aumentar o tráfego para cerca de 96 movimentos por dia até 2025 (de 13 diários em fevereiro de 2020).

O aeroporto iniciou as operações em novembro de 2019 e já possui 50 aeronaves guardados. A expectativa é de que o número aumente para 200 em 2024. Para isso, a companhia espera desembolsar algo em torno de R$ 55 milhões. Nas próximas semanas, o aeroporto localizado em São Roque irá realizar voos internacionais.

Com novos projetos em andamento, a empresa dá mais gás à sua trajetória de crescimento. A companhia, que conta com seis shopping centers em seu portfólio, espera inaugurar/expandir sete ativos nos próximos anos. Entre os projetos, está a expansão do Catarina Fashion Outlet, que está prevista para 2023. O local abrigará novas lojas e empreendimentos.