Mairinque dá início a “Frente de Trabalho do Governo do Estado”

A Prefeitura de Mairinque iniciou nesta semana as atividades do Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego, também conhecida por “Frente de Trabalho”, organizada pelo Governo do Estado de São Paulo. A iniciativa, criada em 1999 através da Lei nº 10.321, oferece ocupação, qualificação e renda aos munícipes.

O programa, que é supervisionado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, conta com a participação de 14 cidadãos e a jornada de trabalho é de cinco horas diárias, em quatro dias de trabalhos semanais.

Os participantes homens estão responsáveis pela limpeza e conservação dos espaços públicos, enquanto que as mulheres prestam serviços nas escolas municipais. Além disso, todas as quintas-feiras, os integrantes da Frente de Trabalho recebem aulas de qualificação profissional na área de assistente administrativo e os encontros ocorrem na Etec de Mairinque.

A iniciativa tem prazo de seis meses, sendo que o período poderá ser prorrogado por mais três. Os beneficiados no programa recebem um auxílio desemprego com o valor definido pelo Governo do Estado, assim como uma cesta básica.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Manoel Justo, enfatiza a importância da Frente de Trabalho para o município. “Através desse projeto, é possível auxiliar os munícipes desempregados e oferecer uma qualificação profissional em uma instituição de ensino reconhecida na região. Hoje, uma capacitação profissional nesse nível é bem considerada pelas empresas na hora de contratar alguém”.