Ministério Público pede anulação de contrato da Mirage Transportes

O Ministério Público do Estado de São Paulo, com base numa denúncia, instaurou uma Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra o prefeito Cláudio Góes e pediu a anulação do contrato entre a Prefeitura de São Roque e a empresa Mirage Transportes.

O juiz, em caráter liminar, negou o pedido de improbidade e uma indenização no valor de mais de R$ 2 milhões de reais, que teria que ser devolvida aos cofres públicos. Agora cabe às partes, Prefeitura, Cláudio Góes e Mirage Transportes, se manifestarem no prazo de 15 dias com justificativas sobre estas denúncias. Nossa reportagem aguarda um posicionamento da Prefeitura de São Roque sobre o caso.

Saiba todos os detalhes dessa denúncia na edição impressa desta quinta-feira, 14, que estará nos pontos de venda.