Mirage reativa plano de saúde e regulariza tíquete-refeição; empresa foi notificada de greve nesta semana

A Mirage Transportes informou na manhã desta quarta (29) que a reativação do plano médico dos colaboradores foi feita na terça (28) e o tíquete-refeição, que estava em atraso segundo os funcionários, foi pago na segunda (27).

E empresa foi notificada de greve pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região porque o plano de saúde da categoria foi cortado novamente e a empresa não havia efetuado o pagamento da parcela atrasada do tíquete-refeição previsto no acordo coletivo de trabalho da Medida Provisória 936/2020 (Lei 14.020 de 06 de julho de 2020).

Além desses problemas, o Sindicato apurou que a empresa está submetendo os trabalhadores que continuam em atividade a uma jornada de trabalho excessiva e que três trabalhadores foram inseridos de forma errônea na MP 936/2020. Sobre esse excesso de jornada, Sindicato e empresa irão realizar uma reunião para resolver o problema. A Mirage se manifestou também sobre isso.

“Não estamos com profissionais com excesso de jornada, todos estão dentro das regras trabalhistas vigentes. Em relação a antecipação do pagamento de 03 profissionais, houve uma divergência nos dados da caixa econômica federal, porém, já foi solucionado de imediato, ocorre que, devido ao grande volume de benefícios que a caixa tem disponibilizado, em alguns casos acaba gerando atraso no processamento de dados. Mas os casos em questão estão sendo acompanhados de perto, para nenhum trabalhador ser lesado”, informou a Mirage.

Diante dos encaminhamentos e dos pagamentos realizados, o Sindicato dos Rodoviários suspende a paralisação dos trabalhadores (as) no transporte urbano de São Roque.

Pandemia

A frota de ônibus em operação no município de São Roque está reduzida por determinação do poder público e, desde junho, a empresa Mirage aderiu à Medida Provisória 936/2020, colocando 69 trabalhadores (as) em suspensão de contrato de salário e 2 trabalhadores(as) em redução de jornada e salarial. Apenas 17 trabalhadores(as) continuam com jornada integral de trabalho.

Após constatar aglomeração no interior dos ônibus, o Sindicato dos Rodoviários protocolou documento na empresa e na Prefeitura de São Roque solicitando o aumento da frota, a adoção da regra para transportar apenas passageiros sentados, com lotação de banco e ampliação da segurança aos trabalhadores(as) e à população. Nenhuma dessas reivindicações foi atendida pelo poder público. A Mirage disse ainda que “reforçamos que constantemente temos monitorado a lotação em nossas linhas e efetuando ajustes quando necessário. Todas as medidas preventivas de higienização da frota são feitas regularmente”.