O ponto de vista do coronavírus

Assisti um filme na rede social esta semana, feito na Itália, em que o protagonista era o Corona Vírus conversando com a humanidade, dando o seu alerta e falando de sua missão. Fiquei tão emocionada com a linha de pensamento do filme, posto que eu já tinha tido a mesma visão, que decidi compartilhar estas linhas com você esta semana.

Durante a narração da história, a voz do vírus repetia como refrão: “NÓS NÃO ESTAMOS BEM”.

Ele chama a atenção para a nossa ideia de separação de Deus. Assunto que eu recorrentemente trago aqui, e que precisamos tanto curar neste momento.

NÓS SOMOS ESTE VÍRUS. Ele só parece estar fora de nós. Ele é um espirro dos nossos medos e culpa projetados no mundo. No entanto, cada um que está vestindo um corpo neste planeta, porta em si a sua genética. Somos o seu criador, o seu Deus.

E para nós, que somos os feitores deste mundo de egos divididos e apartados do Amor Divino, talvez não seja fácil aceitar que somos partes holográficas de uma única mente egóica, que em seu poder de criar, pensou que poderia tornar a criação apartada da Fonte do Amor do mundo real, para criar a sua própria, ocupando o lugar de Deus.

Desde sempre o homem tenta compreender de onde veio e encontrar a sua Fonte. No entanto, falha terrivelmente, porque suas criaturas são concebidas pelo medo e pela culpa que guarda em si, por tentar ocupar um lugar que não é seu, tal como o ego quer que acredite.

E o que estamos sentindo hoje é que esse mundo de ilusões, tal como o criamos, está prestes a ruir, quando a nossa própria cria vem e nos diz, “NÓS NÃO ESTAMOS BEM”. Pare! Lembre-se de quem realmente somos!

Para mim este cenário mundial sinaliza um momento iniciático em que Amor tem agora uma fresta para entrar e nos libertar do nosso maior carcereiro, o ego.

Sabemos que muitos irmãos ainda estão em sono profundo, recostados nos abismos que se abriram nesta estrutura que parecia tão firme e real, mas que não suporta a força de um ser invisível.

Felizmente, este ainda pode ser o momento de vivermos com olhos de perdão! Autoperdão. Este vírus é o mensageiro da salvação de nosso planeta.

Se todos conseguíssemos perceber isto, estou certa de que você, assim como eu, teria desde já dentro do peito, um profundo sentimento de gratidão por este agente das trevas que veio nos ajudar a lembrar que somos seres criados à imagem e semelhança de Deus e não do ego.

Só o Amor é capaz de fazê-lo desaparecer e morrer cumprindo a missão de nos devolver a memória de Deus.

Se quiser ver o vídeo mencionado, procure no YouTube por “Carta do vírus para o mundo”.

Faça Seu Céu Brilhar

Seja a LUZ que ilumina o caminho de sua MISSÃO

Contato:

Maria D’Arienzo – Astróloga

WhatsApp: (13) 99740-2082

Instagram:          @mariadarienzo.astrologia