Os três passos para vida adulta

A nossa criança interior vem nos visitar através das emoções e não tem recursos para lidar com determinados desafios do mundo adulto. É por isso que o adulto em nós precisa tomar a frente da própria vida, o que só será possível se ele assumir a responsabilidade por sua criança interior.

  • Acolhendo sua criança;
  • Ressignificando a própria história;
  • Honrando os ancestrais.

Quanto mais aumentamos nosso nível de autorresponsabilidade, olhando para esses 3 aspectos, mais maduros nos tornamos emocionalmente para identificar quando a criança está querendo prevalecer, basta perceber em seu corpo se há algum desconforto, sensação de medo, angústia, raiva, vulnerabilidade. Com esse olhar atento e observador, você começará a antever situações de risco. A prática também fará com que a criança em nós comece a relaxar, pois se sentirá cada vez mais amparada. Com o tempo, as
situações-gatilho ficarão cada vez menos intensas e constantes. Lembrando que a criança não tem recursos. Por isso, projetará sempre nos outros e
no mundo a causa ou solução para seus problemas. Somos nós, adultos, que precisamos nos responsabilizar pela nossa vida. E a constelação familiar é um recurso que nos move rapidamente para o momento presente, com um olhar responsivo e compassivo perante a vida.

Envie uma mensagem solicitando mais informações sobre o Curso de Constelação Familiar.

Thiago Souza – Terapeuta Familiar Sistêmico
Instagram: @thiagosouza.processo.sistêmico / telefone (11) 2428-2192 / whatsApp (11) 99344-1412