PARABÉNS PRA VOCÊ

 

Estava almoçando com minha família num bom restaurante, quando bem à nossa frente, os garçons ajeitaram várias mesas para receber umas 50 pessoas que haviam chegado num ônibus de turismo. Fiquei numa posição privilegiada, pois podia observar o grupo inteiro sem precisar virar a cabeça, e olha, era o maior grupo almoçando ali. Inclusive o motorista do coletivo alugado estava sentado também à mesa com eles.

Enquanto os garçons serviam a comida e os refrigerantes para o grupo, começaram a cantar e a bater palmas: “parabéns pra você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida” – alguém tinha descoberto que o motorista do ônibus estava fazendo aniversário naquele dia. Cantaram com tanto entusiasmo, soltando a voz e dominando todo o ambiente. Mas a letra da música não seguiu seu jeito habitual, pois, ao invés de repetir a letra como a maioria faz, eles começaram a cantar uma segunda estrofe usando a mesma música com uma letra diferente, como os evangélicos costumam fazer. “Com Deus ao seu lado, no eterno porvir, que a vida lhe seja, um eterno sorrir”. Em princípio eu fiquei muito contente ao ver um grupo evangélico tão grande, bonito, unido e feliz.

Mas, minha alegria durou pouco. Logo percebi que em determinado momento as vozes foram diminuindo de volume e intimidados pararam de bater palmas, alguns pararam também de cantar, mesmo tendo aprovação total das pessoas presentes que aplaudiam. Inclusive eu. – Porque pararam? (perguntei para mim mesmo). Foi quando notei que o aniversariante, o motorista do grupo estava bebendo cerveja. Todos aqueles acidentes fatais causados por motoristas embriagados, veio à mente daquele grupo, inclusive os excessos de velocidades praticados por motoristas pinguços. “Os pensamentos tristes, espantam a alegria da alma”.

A lição que tiramos é que enquanto muitos dão valor e até celebram a vida, outros desonram até Deus, que a nos concedeu.

 

Abraço do seu irmão em Cristo, Bispo Cláudio Gonçalves.

Bispo adverte: se for dirigir, não beba.

Ou melhor, se quiser ter um longo sorriso e uma vida eterna com Cristo no porvir, “não beba álcool nunca”.

Bom fim de semana.

Texto: Bispo Cláudio Gonçalves