Cerca de 120 pessoas são flagradas em festa clandestina na zona leste

A Polícia Civil do Estado de São Paulo flagrou  cerca de 120 pessoas aglomeradas em uma festa clandestina, em um estabelecimento na rua Doutor José Artur Nova, em São Miguel Paulista, na zona leste da Capital. A ação ocorreu na noite de domingo (2) e resultou na detenção de quatro pessoas.

Os trabalhos foram realizados pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), em apoio ao comitê de “blitz”, criado pelo Governo de São Paulo para reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas restritivas contra a pandemia e atuar contra festas clandestinas e aglomerações.

As equipes foram até o local após receberem informações privilegiadas e, no espaço, encontraram cerca de 80 homens e 40 mulheres desrespeitando o distanciamento social, sendo que alguns não utilizam a máscara de proteção, descumprindo o Decreto Estadual que visa a combater a disseminação do Covid-19.

Todos os presentes foram qualificados e liberados para evitar aglomeração, e agentes da Vigilância Sanitária e Procon realizaram as respectivas autuações administrativas.

No local foram apreendidos equipamentos de som, três notebooks, um tablet, três máquinas de cartão, bem como R$ 634, e exames periciais foram solicitados para o local.

Quatro pessoas, entre elas o proprietário do local, foram detidas e levadas ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), da Polícia Civil, onde foram autuadas por infração de medida sanitária preventiva por meio de um termo circunstanciado.

Fonte: Polícia Civil SP