Faxineira é morta após cobrar por serviço

A faxineira Miriã Angelino de Jesus, de 30 anos, foi morta a facadas  em Santana de Parnaíba. O crime ainda está sendo investigado e, até agora, são duas versões para o caso.

Ela foi encontrada, já sem vida, na casa de um homem de 68 anos, para o qual fazia faxinas. Levado à delegacia, ele disse que agiu em legítima defesa, durante tentativa de roubo em sua casa, mas não explicou como Miriã estaria envolvida na ocorrência.

Já familiares contam que a mulher foi assassinada após ter cobrado o idoso pelo serviço. O crime aconteceu na noite de sábado e foi revelado pela Rede Record. De acordo com a família da vítima, a diarista já havia prestado serviço para o idoso diversas vezes. Dessa vez, após o serviço prestado, o homem a pediu que voltasse à noite para receber o pagamento.

Por volta das 21, Miriã retornou à residência sozinha para receber o dinheiro. O idoso teria se recusado a pagar,  dando início a uma discussão. No meio da briga, ele puxou uma faca e a golpeou.

A Guarda Municipal foi acionada para apurar uma discussão no local. Aos agentes,o patrão contou uma história diferente. Segundo ele, dois homens teriam invadido sua casa para roubá-lo, portando uma faca. Ele teria desarmado um dos suspeitos e o esfaqueado. Já o segundo teria fugido.

Mas os GCMs, em vistoria na casa, encontraram o corpo de uma mulher no chão da cozinha. Na delegacia, ele mudou a versão, reconhecendo Miriã como faxineira e afirmando que ela estava em sua casa  horas antes da suposta tentativa de assalto. Como ele se apresentou à polícia espontaneamente, vai responder pelo crime em liberdade. 

FONTE: Web Diário