Jovem é investigada por crimes cibernéticos

Uma jovem, de 19 anos, é suspeita de praticar crimes cibernéticos, investigados pela 1ª Delegacia de Polícia de Mauá (Demacro).

Os crimes vieram a tona após o registro de ocorrência de uma vítima, uma adolescente de 16 anos, que informou ser perseguida por uma pessoa que invadia suas contas nas redes sociais, roubando suas fotos e invadindo sua privacidade.

Investigações especializadas em crime cibernético foram iniciadas, até que foi possível identificar a autoria: uma jovem, de 19 anos, moradora de Mogi Mirim.

Nesta segunda-feira (7), um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência da investigada, que acabou por confessar as práticas delituosas. Seus aparelhos telefônicos foram apreendidos e perícias serão realizadas para robustecer o Inquérito Policial.

Fonte: Polícia Civil SP