Mãe e filha são feitas reféns por falso vendedor de animais

A Polícia Civil investiga o rapto de uma mulher e a filha dela, de 12 anos, na terça-feira (8). Elas vieram de Sorocaba até um bairro da periferia de Cotia para buscar um sagui que tinham comprado pela internet, mas foram assaltadas pelo falso vendedor.

Segundo o site G1, o criminoso entrou no carro da mulher, pegou um comparsa e então foi até a casa da família, em Sorocaba, onde amarrou e amordaçou as vítimas para roubar o imóvel.

“Ele [o falso vendedor] não deu o endereço porque disse que era difícil chegar até a chácara dele. Mandou eu parar num determinado lugar e encontrar com ele no caminho. E nessa, quando o encontrei, já me abordou com faca e mandou a minha filha para o banco de trás, eu no banco do passageiro e chamou o comparsa dele”, relata a vítima.

Uma câmera de segurança do imóvel registrou o momento em que os bandidos chegam com o carro da vítima (foto). Um dos homens aparenta estar segurando um fuzil. As vítimas relataram à polícia que diversos objetos foram levados sem chamar a atenção dos vizinhos. O prejuízo é estimado em R$ 20 mil.

O delegado que investiga o caso, Acácio Leite, disse que já foi identificada uma grande quadrilha na região onde elas foram abordadas que pratica roubos e sequestros.

“Pelo histórico do boletim de ocorrência narrado pela vítima, ela acabou negociando uma situação, até certo ponto ilícita, infelizmente, e foi em um lugar que ela nunca foi, de repente conversar com pessoas desconhecidas. Em um momento ela foi surpreendida e foi rendida, e perpetrou-se então o roubo”, informou o delegado.

O caso foi registrado na Delegacia de Sorocaba como roubo e será investigado.