Engenheiro propõe a responsabilização pessoal do presidente da Vale, e sua prisão


José Manoel Ferreira Gonçalves, engenheiro e ambientalista, protocolou neste sábado uma notícia crime contra o presidente da Vale e a própria Companhia pedindo à Procuradoria Geral da República a instauração de Ação Penal por crime ambiental e homicídio doloso.

O noticiante também solicitou ao MPF as providências para a imediata prisão preventiva do presidente da Vale S/A em nome da ordem pública.

“A sociedade exige com urgência a punição dos responsáveis nesse tipo de catástrofe. A ordem pública e o entendimento de que a lei deve ser cumprida demandam a aplicação da prisão preventiva contra o presidente da Vale S/A”, defendeu José Manoel.

Para o advogado do noticiante, Bruno Meirinho, “a notícia crime é um requerimento ao MPF para investigar e processar. Sabemos que a PGR já está atenta ao caso, e queremos contribuir”.

Fonte: Assessoria de Imprensa