Faltando 4 meses para a eleição, Ibiúna tem recorde de pré-candidatos a prefeito

No mês em que o Congresso Nacional e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definem se o pleito será adiado ou não, partidos e pré-candidatos começam a se preparar para as eleições, totalmente diferentes por conta da pandemia do Coronavírus. Na última semana, o TSE definiu que as convenções partidárias, para definição dos candidatos, poderão ser realizadas por meio virtual. Inicialmente, as convenções estão previstas para ocorrerem entre os dias 15 de julho e 5 de agosto.

Com o maior número de filiados em Ibiúna (978), o MDB tem o ex-prefeito Fábio Bello de Oliveira como pré-candidato ao cargo executivo. Bello já governou Ibiúna por três mandatos e deve buscar mais um nas eleições deste ano. Ele é o político mais votado da história de Ibiúna, com mais de 19 mil votos alcançados na eleição de 2012. O MDB não conta com vereadores atualmente na Câmara, Ismael Pereira e Devanil da Ressaca, que foram eleitos pela sigla, migraram para o PSD. Com Fábio, estão também o Partido Social Cristão (PSC) e o Patriotas.

O quinto partido em número de filiados em Ibiúna (424), os Progressistas, também tem um ex-prefeito como pré-candidato: o Professor Eduardo. Na Câmara Municipal, a sigla conta com os vereadores Naldo Firmino e Elisangela Soares. Eduardo deve concorrer pela terceira vez ao cargo de prefeito, depois de ter ficado em segundo em 2012 – assumido a Prefeitura por um ano e meio intercalado – e quarto na eleição de 2016.

Sexto em número de filiados, o PSL (394) tem o vereador Charles Guimarães como pré-candidato a prefeito. Ele que está no terceiro mandato como vereador, concorreu ao cargo de prefeito em 2012, ficando em quarto lugar. A sigla conta com, além de Guimarães, os vereadores Paulinho Dias e Rozi da Farmácia. Com Charles, soma-se o PMN. Já o oitavo partido em número de filiados, o PT (278) tem o advogado Edilson Fernandes como pré-candidato a prefeito. Em 2016, ele concorreu para vereador. O Podemos, que é o nono em número de filiados, com 255, tem o também advogado Renan Elias Godinho como pré-candidato a prefeito. Godinho foi o candidato a deputado estadual em 2018. Com ele, está também o Partido Avante.

Em 11º em número de filiados no município, com 221, o Partido Democratas tem o também advogado e vereador Rodrigo Lima, o Dr. Rodrigo, como pré-candidato. Vereador em segundo mandato, foi presidente da Câmara em 2015 e 2019; foi o segundo mais votado para o legislativo em 2016. Junto com ele, o vereador Carlos Pururuca compõe o legislativo atual. Em 13º, com 192 filiados em Ibiúna, o PRTB tem o também advogado Mário Pires como pré-candidato a prefeito. Marinho deve disputar cargo eletivo pela primeira vez. O 19º partido em número de filiados de Ibiúna, com 87 filiados, o PTC tem o ex-presidente da Cetril, Manoel da Silva Pinto, o Neco, como pré-candidato a prefeito. Ele foi candidato a vice em 2004 e 2008, do ex-prefeito Zezito Falci e do atual prefeito João Mello (PSD), figurando em terceiro e segundo lugar nas disputas, respectivamente.

Já o 23º partido em número de filiados em Ibiúna, o PSD (54) deve lançar o prefeito João Mello à reeleição. O atual mandatário do município conta com a maior base política no legislativo, com 06 parlamentares atualmente: Abel do Cupim, Claudinho Coragem, Devanil da Ressaca, Gerson do Gabriel, Ismael Pereira e Pedrão da Água. Mello concorrerá ao Executivo pela quarta vez; ficou em segundo em 2004 e 2008 – foi o vitorioso na eleição de 2016. Com ele também está o PL.

Por fim, deve concorrer pelo PMB, 25º em número de filiados em Ibiúna (28), o comerciante Carlos Augusto Pissarro. Ele foi candidato a vereador em 2016.

(Via Voz de Ibiúna)