Governo avalia reduzir intervalo de aplicação da Pfizer para crianças | Política

O governo federal começou a debater a possibilidade de reduzir o intervalo de aplicação entre as duas doses da Pfizer em versão pediátrica. O imunizante foi o primeiro a ser autorizado para crianças de 5 a 11 anos e possui intervalo de oito semanas .

A proposta em discussão no Ministério da Saúde indica a redução para três semanas, intervalo previsto na bula da vacina.

Segundo a CNN Brasil, que apurou a informação com técnicos da pasta, essa redução vai depender da disponibilidade de doses. A iniciativa é facilitada pela liberação de uso da Coronavac em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, pois isso aumenta a oferta de vacinas para essa faixa etária.

Fonte: IG SAÚDE

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados