Prorrogados trabalhos da Frente em Defesa da Bunjiro Nakao e Comissão Especial de acompanhamento da Sabesp


A Sessão Legislativa da última semana, da Câmara Municipal da Estância Turística de Ibiúna foi marcada pela prorrogação de dois trabalhos importantes de acompanhamento a setores vitais para o progresso do município: o da Frente Parlamentar em Defesa da Rodovia Bunjiro Nakao e o da Comissão Especial de Vereadores constituída para o acompanhamento do contrato de concessão vigente com a Sabesp.

A Frente teve oficialmente seus trabalhos prorrogados, por mais 300 dias, com a aprovação da Resolução nº 22/2020, em plenário. O objetivo ligar a população de Ibiúna com os órgãos e entidades responsáveis pelas obras de melhorias e duplicação da rodovia SP-250,

O presidente desta comissão segue sendo o vereador Pedro Luiz Ferreira, o Pedrão da Água. Pedrão já esteve quatro vezes com representantes do DER, Departamento de Estadas de Rodagem, junto com outros vereadores, para acompanhar obras e sanar dúvidas.

Início – Lembra-se que essa Frente Parlamentar, de iniciativa dos vereadores de Ibiúna, e com articulações em toda a região, existe desde o início desde 2015, sendo renovada por quatro vezes.

Sabesp – Já a Resolução 23/2020, também aprovada em plenário na Sessão Legislativa do dia 18 de fevereiro, prorroga por 300 dias a “Comissão Especial de Vereadores constituída para o acompanhamento e tomada de posições da Câmara Municipal em relação à execução do contrato de concessão vigente entre a Sabesp e o Município da Estância Turística de Ibiúna e dá outras providências.”

O vereador que encabeça essa comissão é Ismael Martins Pereira e foi a responsável, entre outros acompanhamentos e reuniões junto a Superintendência Regional da Sabesp, por uma Audiência Pública com engenheiros do órgão.

A atuação desta Comissão se faz necessária diante das várias obras que a Sabesp faz no município, após contrato firmado por conta da assinatura decorrente do Consórcio São Lourenço, de 2018, na qual, em troca de captação de água no município, o órgão realizaria uma série de melhorias na distribuição de água tratada, tratamento de esgoto e saneamento básico.

A Sabesp é uma ex-empresa pública do Estado de São Paulo, hoje de economia mista (meio privada, meio estatal), presente em 371 municípios paulistas na distribuição de água, coleta e tratamento dos esgotos.

A próxima Sessão Legislativa está marcada para 9h desta quinta, 27 de fevereiro.