Porque não fazer hoje?

Um acidente inesperado sempre abala as estruturas familiares e sociais. Quando se morre jovem, com uma vida cheia pela frente, esta dor aumenta ainda mais no coração de quem sofreu uma perda.

Ver alguém indo embora sem culpa é mais doloroso ainda. E este fato aumenta a cada dia mais no trânsito, são milhares de pessoas que morrem sem ter culpa. Morrem pela imprudência, pressa e pela falta de amor ao próximo de pessoas que acham que sua manobra não pode acabar com a vida de alguém.

Na segunda-feira, dia 13, um dia após o Dia das Mães, o casal Marcel Xavier e Myrella Medeiros morreu após colidirem com um veículo que fez um retorno proibido no meio da rodovia. Marcel chegou a ser socorrido com vida, mas acabou morrendo no hospital. Dois jovens que tiveram as vidas ceifadas por um motorista imprudente que fez um retorno proibido. Sem culpa de morrer, Marcel deixou uma filhinha, pai, mãe e irmã e familiares desolados, procurando forças para seguir em frente. Isso também acontece com a família e amigos da jovem Myrella.

A gente sempre acredita que haverá um amanhã para se fazer uma revisão, correção de rumos ou dizer um para o outro: “Eu te amo”. O dia de amanhã não está prometido para ninguém, nem pro jovem ou velho. Hoje pode ser sua última chance de segurar bem apertado a mão da pessoa que você ama. Se você está esperando pelo amanhã, porque não fazer hoje? Aproveite!

O jornalista que escreve este editorial e infelizmente por ser seu trabalho, teve que noticiar o falecimento do amigo Marcel Xavier. Deixa aqui seus sentimentos de paz e amor ao pai Marcelo Xavier da Rosa, a irmã Adrieli Souza, a mãe Claudia Souza, a todos os familiares e aos amigos. Presta também os sentimentos a família e amigos da jovem Myrella. Que Deus possa confortar vocês neste momento de tristeza.