Prefeitura assina renovação do convênio com a Santa Casa 

 

O prefeito Claudio Góes assinou na manhã desta quinta-feira, 22, nas dependências da Câmara Municipal de São Roque, a renovação do convênio com a Santa Casa para a prestação de serviços de assistência à saúde aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) e também para o funcionamento do PA (Pronto Atendimento).

O bom relacionamento entre a administração municipal e os gestores da Santa Casa foi apontado pelos presentes como condição favorável para melhorias na saúde.  “Temos muitos problemas a resolver, mas certamente o entendimento é o melhor caminho para que possamos realizar as melhorias esperadas pela população ao atendimento na área da saúde”, afirmou Claudio.

Leila Maria de Oliveira Camilo, provedora da Santa Casa, observou que, muito embora normalmente se faça a ideia equivocada de que a Santa Casa é um hospital público, a entidade é um misto de hospital particular com público e tem uma diretoria que não é remunerada. “Aproximadamente 90% dos atendimentos feitos na Santa Casa são de usuários SUS”, informou, acrescentando que “espero que este relacionamento de diálogo com a administração prospere por muitos e muitos anos”.

O novo convênio válido até 31 de março de 2019 estabelece que a prefeitura fará um repasse mensal a Irmandade de R$ 1.550.000,00.

Pelo convênio assinado a prefeitura tem a prerrogativa de indicar o administrador para gerir, tanto o PA (Pronto Atendimento), como as internações do SUS. O escolhido foi o Dr. João M. Hallack que assumiu a função no dia 13 de março.

Participaram da solenidade, além do prefeito Claudio Góes e da provedora da Irmandade, Leila Maria de Oliveira Camilo, os vereadores Israel Francisco de Oliveira (Toco), Júlio Mariano, Cabo Jean, Etelvino Nogueira, Niltinho Bastos (presidente da Câmara Municipal), Maurinho Góes, Alexandre Veterinário e José Luiz, a diretora de Saúde, Andrea Rodrigues, o diretor clínico da Santa Casa, Dr. Bruno Junqueira e representando o Conselho Municipal de Saúde, Maria Teresa Casali Rodrigues Bastos.