Prefeitura cobra CPFL e VIVO quanto à fiação solta em postes de São Roque

No ano passado O Democrata mostrou em reportagem este problema que oferece riscos de acidentes

Na última semana, gestores municipais reuniram-se com consultores da CPFL e da Vivo/Telefônica para cobrar adequações dos cabos que passam pelos postes instalados nas ruas do município.

O principal problema é o abandono de cabos e fios soltos, após a realização de reparos. A situação pode oferecer risco de acidentes, comprometer a qualidade dos serviços, além de gerar poluição visual, como mostramos no ano passado em reportagem de O Democrata.

Na reunião foram discutidos os termos da Lei Municipal nº4637/2017, que obriga concessionária e empresas ocupantes dos postes, a respeitarem as normas técnicas, regularizarem e repararem os fios inutilizados. Ainda foi destacada a possibilidade de multa de R$ 5 mil por cada notificação que a Concessionária deixar de regularizar.

A Prefeitura também exigiu a emissão de relatórios mensais sobre o assunto. A Companhia comprometeu-se em resolver o problema, junto às empresas de telecomunicações, incluindo a VIVO/ Telefônica.