Prefeitura de Ibiúna desmente morte de idosa por coronavirus na cidade

Diante da pandemia do Coronavirus (Covid-19) em todo o mundo, a Prefeitura de Ibiúna empreendeu uma série de ações para evitar a proliferação do vírus. As medidas têm caráter preventivo, visto que, até o momento, não há casos confirmados no município. Todas as situações vêm sendo acompanhadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

Em nota à imprensa a Prefeitura desmentiu informações sobre a morte de uma idosa, que têm circulado na internet. “Diferentemente do que tem sido dito em áudios e textos do WhatsApp, é falsa a informação de que o Covid-19 já fez uma vítima fatal em Ibiúna. Até o momento, não há, sequer, casos confirmados no município”, disseram. Nesta quarta-feira, 18 de março, a situação envolvia quatro ocorrências suspeitas. Todas têm sido monitoras pela Secretaria Municipal de Saúde.

O prefeito João Mello editou um decreto específico sobre a questão do Covid-19. O documento está consonância com o que já vem sendo feito pelos governos Estadual e Federal no sentido de conter o Coronavirus. O decreto estabelece medidas como: suspensão de eventos culturais, esportivos, reuniões e outras iniciativas que propiciem a aglomeração de pessoas; regime de home office (trabalho em casa) para determinados setores da Prefeitura; restrição de acesso a espaços públicos, entre outras. É possível conferir o documento, na íntegra, na edição da Imprensa Oficial que será publicada nesta quarta-feira (18) e, também, no site da Prefeitura (www.ibiuna.sp.gov.br).

O prefeito municipal também convocou reuniões com todo seu secretariado e, também, representantes de determinados segmentos empresariais, para debater as estratégicas de combate ao Coronavirus

Comitê – Por ordem do prefeito foi criado um gabinete especial para deliberar sobre ações de contenção e monitoramento do Covid-19 em Ibiúna. Por meio dessa força de trabalho, serão discutidas, diariamente, questões referentes ao vírus. Participam desse comitê, além do prefeito,  representantes da Secretaria de Saúde, Jurídico, Administração, Comunicação, Indústria e Comércio, Governo e Defesa Civil.