Produtos da Ceia de Natal podem custar até 250% a mais, avalia Procon

Sua Ceia de Natal pode sair mais cara ou mais barata, dependendo do estabelecimento onde você for comprar os produtos. A constatação é do Procon-SP que pesquisou os preços dos itens que são utilizados tradicionalmente para preparar o cardápio da festa.

A pesquisa constatou grande variação de preços entre os mesmos produtos. A maior delas foi de 248,75%, em Ribeirão Preto, onde uma embalagem de 100g com cogumelos da marca Hemmer custava R$ 5,99 em uma loja e em outra, R$ 20,89.

Nos panetones, a maior diferença encontrada foi de 68,24%, em Campinas. O panetone gotas de chocolate, 500g, da Village, custava R$ 10,99 em um estabelecimento, e em outro R$ 18,49.

Os itens pesquisados foram: azeites, bombons, carnes congeladas, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda, chocotones e panetones.

Os especialistas do Procon-SP visitaram 76 estabelecimentos na Baixada Santista (Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente), Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santo André e Sorocaba. Os Procons Municipais de Guarujá, Jundiaí, Praia Grande, Santos, São Vicente e Santo André participaram da pesquisa. A coleta de preços aconteceu de 30/11 a 7/12.

Confira nos links a pesquisa completa: Baixada Santista, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santo André e Sorocaba.

Na capital

Em pesquisa em São Paulo, os especialistas do Procon encontraram diferenças de 110,11% no preço dos panetones de Frutas Cristalizadas e Uvas Passas, de 400g, da marca Casa Suiça. Em um estabelecimento na zona leste, o produto foi encontrado por R$ 9,90 e, em outro, na zona leste, o preço era de R$ 20,99.

A maior diferença de preços encontrada foi de 189,73g e o produto uma embalagem vidro contendo 200g de azeitonas verdes, marca Raiolita, que era vendida em um supermercado por R$ 4,33 e em outro por R$12,99 (confira aqui o resultado da pesquisa completa).

O que observar

O Procon-SP orienta o consumidor a fazer um planejamento do cardápio, listando alimentos, bebidas e ingredientes para o preparo. Na hora da compra, é preciso observar as embalagens e rótulos dos produtos e verificar as características, condições de conservação e informações nutricionais, além da data de validade.

As promoções divulgadas pelos estabelecimentos comerciais devem ser cumpridas, por isso é aconselhável guardar os folhetos e anúncios publicitários que comprovem as ofertas. Ao passar os produtos pelo caixa, é indicado observar os valores registrados, havendo diferença entre o preço cobrado e o que estava informado na gôndola, prevalece o menor.