Projeto Reflora CBA vai restaurar vegetação nativa nos biomas Cerrado e Mata Atlântica

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) lançou no dia 25 de outubro o edital que anuncia o Projeto Reflora CBA, voltado para pequenos e médios produtores rurais das regiões da Zona da Mata (MG), Niquelândia (GO) e Vale do Ribeira (SP) interessados em realizar o reflorestamento de Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Reserva Legal (RL) degradadas de suas propriedades. A iniciativa promoverá, por meio de reflorestamento, a recuperação de ecossistemas e o incremento da biodiversidade brasileira, ação diretamente ligada com a agenda ESG da CBA.

O objetivo é buscar áreas localizadas, preferencialmente, em um raio de 100 km dos locais de atuação da CBA, na Zona da Mata, Legado das Águas e Legado Verdes do Cerrado.

Segundo Leandro Faria, gerente geral de Sustentabilidade da CBA, a Companhia busca promover benefícios socioambientais cada vez mais significativos e duradouros nas localidades de sua atuação. “Isso gera um ambiente de valor compartilhado com uma operação sustentável e está em linha com a nossa agenda ESG e estratégia de desenvolver as comunidades com presença CBA, influenciando positivamente toda a cadeia de valor do alumínio. Nesse contexto, atuamos também com as nossas reservas privadas, em especial o Legado das Águas e o Legado Verdes do Cerrado. O projeto ainda fomentará a regularização ambiental dos proprietários participantes frente ao Código Florestal”.

Como vai funcionar – O Projeto Reflora CBA fornecerá mudas e capacitação técnica que viabilizem o reflorestamento em áreas degradadas de RL e APPs, com uso de espécies nativas de ocorrência local. “Espera-se que as atividades de plantio e monitoramento sejam realizadas pelos proprietários e demais agentes locais, com supervisão e apoio técnico da CBA”, esclarece Faria.

A seleção das áreas que farão parte do Reflora CBA levará em consideração a situação dos documentos e eventuais passivos das propriedades e de seus proprietários ou posseiros. “Por isso, foram definidos critérios formais prioritários e adicionais. Os critérios prioritários serão eliminatórios e os adicionais vão gerar uma pontuação para classificação das propriedades e proprietários”, explica Faria.

A iniciativa é uma parceria entre a CBA, Instituto Votorantim e Reservas Votorantim. O prazo para inscrições vai de 25 de outubro a 12 de novembro. Para acessar o edital completo e fazer a inscrição os interessados devem acessar o link: www.refloracba.com.br.

Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável. Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor.

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados