Região contabiliza mais de 40 suspeitas de coronavírus e atividades são suspensas nas cidades

O número de casos do novo coronavírus confirmados no estado de São Paulo até a tarde desta quinta-feira, 19, era de 286, de acordo com o balanço do Ministério da Saúde. Os números aumentam a cada dia, assim como tem acontecido nas cidades da região. São Roque monitora 28 casos suspeitos e já descartou três. Até o momento a cidade registrou 31 suspeitas (26 de São Roque e 5 de outras cidades). Três exames deram negativo e os demais aguardam resultados. Em Mairinque são 4 suspeitas e os pacientes já coletaram exames e estão sob o regime de quarentena (14 dias de isolamento) aguardando o resultado do Instituto Adolfo Lutz. Em Ibiúna foram registrados 12 casos suspeitos, sendo três descartados e 9 sendo acompanhados. 

Em Araçariguama são 6 suspeitas e todos estão em isolamento domiciliar aguardando os resultados dos exames. Os pacientes foram atendidos no Pronto Atendimento da cidade e estão sendo monitorados pelas equipes de Saúde. Nesta terça-feira (17/03), a Prefeitura de Cotia contabilizou o primeiro caso positivo de coronavírus (Covid-19) no município. Trata-se uma pessoa de 42 anos de idade que tem histórico de contato com caso suspeito no trabalho.

No dia 17 de março foi confirmada a primeira morte no Brasil pela doença. Um homem de 62 anos que estava internado na cidade de São Paulo morreu em decorrência do COVID-19. Ao todo já são quatro óbitos no estado de São Paulo, sendo todos idosos e com problemas de saúde anteriores. No Rio de Janeiro foram registrados dois óbitos. De acordo com o último boletim, divulgado nesta quinta-feira, 19, o Brasil registra 621 casos confirmados e seis mortes.

Para o infectologista David Uip, a morte do primeiro paciente está levando as autoridades paulistas a rever os entendimentos sobre os períodos de evolução da doença nos pacientes graves. “Foi uma evolução rápida, da internação ao óbito. O caso desse [primeiro] paciente está fazendo a gente entender como se comporta a doença. Nós imaginávamos que o período de encubação da doença era de até 14 dias, mas a média está sendo de 6 a 8 dias até a doença se manifestar. Vamos inclusive sugerir ao Ministério da Saúde que diminua o tempo de quarentena de até 14 dias para dez”, disse Uip.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou diversas medidas que mudam a rotina de todos na capital paulista e em todo o estado. Na região, os prefeitos estão seguindo as recomendações do Ministério da Saúde. Aulas foram suspensas nesta quinta-feira, 19, em todo o estado e todos os eventos culturais e esportivos estão cancelados, inicialmente, até 30 de março, podendo ser prorrogado.

São Roque

O prefeito Cláudio Góes diversas medidas restritivas e orientações a serem adotadas pelo município para prevenção e enfrentamento ao coronavírus. Para o prefeito Cláudio Góes o momento não é de pânico, mas de cautela. Os serviços ofertados pelo município continuam sendo prestados normalmente. Postos, Hospital e Serviços de Saúde continuam em caráter normal, com ações adicionais de combate ao COVID-19; Por meio de Decreto, a Administração Municipal orienta, neste momento, a atenção do setor privado, associações, igrejas, casas noturnas, clubes e afins, que suspendam as atividades que aglomerem pessoas. Brinquedoteca e Biblioteca estão fechadas. Os funcionários públicos municipais com mais de 60 anos, com exceção dos que atuam nas áreas de segurança pública e saúde, deverão trabalhar em sistema home office (em casa).

As reuniões e tomadas de decisões sobre o assunto são diárias, observando o quadro de circulação do vírus e às determinações do Governo do Estado, por isso, fique atento aos nossos canais oficiais de comunicação para novas informações.

Mairinque

Os cursos de Padaria e Corte e Costura, oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade, estão suspensos e a nova data para início será informada. Os demais serviços da Prefeitura, como Paço Municipal, Assistência Social, Postos de Saúde, GCM, Pronto Atendimento, Bombeiros, Samu, entre outros, funcionarão normalmente. Essas medidas foram tomadas para evitar a circulação de pessoas e intensificar as medidas contra o coronavírus. No último dia (11), os profissionais da saúde e educação receberam capacitação para atender a população.

Araçariguama

O prefeito Joca anunciou medidas para evitar a propagação do coronavírus na sexta-feira (13). Eventos com aglomeração de pessoas estão proibidos; expediente nos departamentos municipais estão suspensos, exceto as relacionadas aos serviços essenciais, relativos ao Pronto Atendimento Municipal, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Guarda Civil Municipal, Transporte Público Municipal e Coleta de Lixo Urbano.

Vargem Grande Paulista

O município de Vargem Grande Paulista adotou nesta semana medidas preventivas contra o novo coronavírus. Um Comitê de Prevenção também foi criado a fim de unir esforços entre as Secretarias Municipais e orientar a população. “A primeira medida que tomamos foi criar este comitê com integrantes das Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social. O objetivo é orientar todas as áreas sobre as ações preventivas para conter o avanço da covid-19 em Vargem Grande Paulista e proteger a população”, explicou o prefeito Josué Ramos.

A orientação é que as crianças permaneçam em casa, porém não com pessoas idosas ou pessoas com doenças crônicas que estão no grupo de risco da covid-19. Outras medidas também estão sendo determinadas pelo prefeito, como a limpeza e higienização do transporte público municipal. “Já solicitei à empresa responsável pelo Tarifa Zero que intensifique a limpeza dos ônibus de forma que garanta mais segurança à saúde dos usuários”. Para oficializar todas as medidas preventivas foi publicado nesta segunda-feira (16/3) o Decreto n° 51, na Imprensa Oficial do Município. Segundo o documento, os servidores municipais com mais de 60 anos ou com doenças crônicas graves e imunodeprimidos poderão fazer home office.

Ibiúna

Já a Prefeitura da Estância Turística de Ibiúna informa que, até o momento, não há registros de casos confirmados do coronavirus no município. Ainda assim, a Administração tem tomado medidas preventivas – em consonância com as diretrizes estaduais.

Por determinação do prefeito João Mello, todos os eventos públicos referentes ao Aniversário da Cidade foram suspensos. As atividade da feira livre e Mercado Municipal estão suspensas. A Secretaria de Saúde tem monitorado a situação e reitera: não há casos confirmados do coronavirus em Ibiúna até o momento. Os hospitais e postos de saúde têm funcionado normalmente e com ações adicionais de combate ao COVID-19. A Prefeitura, como forma de medida preventiva ao coronavirus (Covid-19), está realizando atendimento aos munícipes ao lado de fora do Paço Municipal. Alguns setores estão trabalhando em regime de home office (trabalho em casa); há restrição de acesso a espaços públicos, entre outras medidas. Em nota à imprensa a Prefeitura desmentiu informações sobre a morte de uma idosa, que têm circulado na internet. “Diferentemente do que tem sido dito em áudios e textos do WhatsApp, é falsa a informação de que o Covid-19 já fez uma vítima fatal em Ibiúna. Até o momento, não há, sequer, casos confirmados no município”, disseram. Nesta quarta-feira, 18 de março, a situação envolvia quatro ocorrências suspeitas. Todas têm sido monitoras pela Secretaria Municipal de Saúde.