Anvisa libera testes com o soro anticovid em humanos

Na última semana, a  Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) autorizou a pesquisa clínica com o soro anti-Covid que está sendo desenvolvido pelo Instituto Butantan . Na prática, é um aval para o que o instituto consiga realizar o teste do soro em humanos.

A autorização foi condicionada a um Termo de Compromisso, que prevê a entrega de informações complementares – aquelas que não foram integralmente disponibilizadas – no início da pesquisa. Até o momento, o soro do  instituto só foi testado em animais, e esta será a primeira vez que vai ser testado em seres humanos. 

A análise do processo pela Anvisa levou nove dias e, segundo a agência, o restante do tempo foi utilizado pelo  Butantan para complementar dados técnicos que faltavam no pedido original.

Conforme a Anvisa, o objetivo da avaliação de uma proposta de pesquisa clínica é verificar se o estudo é suficiente para produzir dados confiáveis em relação à segurança e eficácia do medicamento.