Araçariguama alerta para a atualização da carteira de vacinação, após confirmar surto de sarampo

A prefeitura de Araçariguama, através da Secretaria Municipal de Saúde e com o apoio do Vigilância Epidemiológica, informa que a Vacinação de Sarampo na cidade está sendo realizada através de atualização de carteira, e que no momento não existe nenhuma orientação da Secretaria Estadual para a realização de campanha.

Conforme orientação do Ministério da Saúde, o município realiza a vacina também nos bebês de seis meses a menores de um ano.

Nas ações de rotina o esquema vacinal é: pessoas entre 1 e 29 anos de idade: duas doses com intervalo mínimo de 30 dias; pessoas entre 30 e 59 anos de idade: uma dose; pessoas com 60 anos ou mais de idade: não precisam ser vacinadas. Profissionais de saúde independentemente da idade duas doses administradas a partir de um ano de idade

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, mas que pode ser quase completamente evitável quando as pessoas recebem as duas doses recomendadas da vacina, diz a OMS. A vacinação continua a ser a forma mais eficaz de prevenir a doença, reforça a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Quais são os sintomas da doença? Coriza, tosse, conjuntivite e febre (igual ou maior que 38ºC). Poucos dias depois, a febre fica mais alta (maior que 39°C) e aparece o exantema ou rash (“grosseirão no corpo”, com manchas vermelhas que começam geralmente no rosto e na parte de trás das orelhas e pescoço). Essa fase pode durar até cinco dias, mesmo período em que a febre começa a abrandar.