Bebê quase morre por herpes no olho contraída por beijo

Noah Tindle tinha apenas quatro semanas de vida quando sua mãe, Ashleigh White, percebeu que o olho direito do bebê estava inchado, vermelho e lacrimejando. Para sua surpresa, ao levá-lo ao médico, ela descobriu que a causa da irritação era nada menos que herpes.

Diagnosticado com o HSV-1, também chamado de tipo simples 1 da doença, Noah quase ficou cego e precisou passar dois meses e meio no hospital em Barnsley, Inglaterra, para se recuperar. Felizmente, os médicos foram capazes de identificar o vírus quando ainda estava na pálpebra do bebê, pois os danos seriam maiores se ele chegasse à corrente sanguínea.

Apresentando poucos perigos aos adultos, o HSV-1 pode se espalhar para o cérebro e causa falência de órgãos em bebês, tornando-se fatal. Como tratamento, Noah tomou antivirais por duas semanas, além de ter enfrentado uma cirurgia de duas horas para combater o vírus.