Confira cinco utilidades do soro fisiológico para a saúde e beleza

O soro fisiológico (também conhecido como cloreto de sódio) é uma solução isotônica e salina, com uma composição parecida com a encontrada nos líquidos corporais, composto de 0,9% de cloreto de sódio em água destilada. Possui um pH de 6,0 (levemente ácido).

O soro fisiológico pode ser utilizado para lavar lentes de contato, limpar o nariz, em nebulizações, na limpeza de ferimentos e queimaduras. Pode também ser usado na pele e nos cabelos.

Este produto pode ser comprado nas farmácias convencionais sem receita médica sob a forma de frascos de plástico, cujo preço pode variar de acordo com a quantidade de líquido na embalagem.

1-Soro fisiológico para nebulizações

A nebulização com soro fisiológico é um ótimo tratamento para a sinusite, gripes ou resfriados, pois ela ajuda a umidificar as vias aéreas e a fluidificar as secreções, desobstruindo as vias respiratórias, facilitando assim a respiração. Além disso, o soro fisiológico também é muito utilizado para diluir medicamentos como budesonida, brometo de ipratrópio ou salbutamol, o que prolonga o tempo de nebulização.

2-Soro fisiológico para lavagem do nariz

Uma ótima forma de desentupir o nariz consiste em fazer uma lavagem nasal com soro fisiológico e uma seringa sem agulha, porque através da força da gravidade a água entra por uma narina e sai pela outra, sem causar dor ou desconforto, eliminando as secreções.

Além disso, também é uma boa forma de manter o nariz devidamente limpo, sendo útil para quem tem alguma alergia respiratória, rinite ou sinusite, por exemplo.

3-Soro fisiológico para desidratação corporal

O soro fisiológico pode ser usado para o tratamento da falta de líquidos ou sal no organismo, que pode ocorrer devido a episódios de diarreia, vômitos, aspiração gástrica, fístula digestiva, suor excessivo, queimaduras extensas ou hemorragias. A administração deve ser feita diretamente na veia, por um profissional de saúde.

4. Soro fisiológico na pele

Como ele tem PH levemente ácido, faz bem para pele. A melhor maneira de usar o soro na pele é na finalização da limpeza.

Além disso, quando aplicado gelado como compressa nas áreas dos olhos, ajuda a melhorar a aparência das bolsas e olheiras. Também pode ser usado com um borrifador para refrescar a pele ou para ajudar a minimizar a vermelhidão da pele.

É indicado para uso no pós-depilatório, sobretudo para quem depila com lâmina, pois ele refresca, ameniza a coceira e a vermelhidão, o que favorece a recuperação da pele.

Para usar na finalização da limpeza do rosto é simples. Separe 100 ml de soro fisiológico, acrescente 5 gotas de óleo essencial de olíbano e 5 gotas de óleo essencial de tea tree. Misture bem. Após lavar o rosto, borrife a solução em um algodão e passe na pele. Essa mistura hidrata, elimina os resíduos da sujeira e ainda evita o aparecimento da acne.

5-Soro fisiológico no cabelo

De acordo com as especialistas, o soro contribui para o equilíbrio do pH dos fios, melhorando a hidratação do couro cabeludo e diminuindo o frizz. O pH do nosso cabelo é ácido e varia entre 4.2 e 5.8 na escala. Já o soro fisiológico tem 6.0, índice levemente ácido (Por outro lado, para abrir as cutículas do cabelo é necessário o uso de produtos alcalinos). Dessa forma, ao usarmos o soro, acabamos selando as cutículas. Por isso, é interessante usá-lo no último enxágue. O soro também pode ser aplicado com um borrifador em todo o comprimento dos fios.

Basta enxaguar os cabelos normalmente com água e, em seguida, fazer o último enxágue antes de sair do banho com a solição do soro fisiológico. Simples assim, as suas madeixas estarão mais soltas e suaves após a técnica.