No Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, Saneaqua reforça a segurança e proteção de seus funcionários e clientes

Nesta segunda-feira, dia 27 de julho, foi comemorado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. A data é símbolo da luta dos trabalhadores brasileiros por melhorias nas condições de saúde e segurança no trabalho e tornou-se oficial em 1972.

Responsável pelos serviços de água e esgoto de Mairinque, a Saneaqua reforça as questões de segurança e os principais fatores que podem resultar em incidentes durante a execução de intervenções, obras ou serviços prestados em vias públicas na cidade.

Para tanto, os profissionais que atuam na concessionária recebem constantemente diversos treinamentos e simulações de situações de risco que podem ocorrer nas ruas e avenidas movimentadas de Mairinque, utilizando ferramentas de barreiras de proteção, controle e suporte de acordo com o nível de exposição de cada intervenção que será executada.

Além disso, a área de Segurança do Trabalho realiza semanalmente inspeções em campo e reuniões com as lideranças das áreas operacional e comercial, aplica procedimentos internos, gerencia os riscos e acompanha de perto os trabalhos críticos, tudo com o objetivo de reduzir os riscos com o propósito de promover ainda mais a segurança dos funcionários e clientes.

“O Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho demonstra a importância de atuar com responsabilidade, estimulando que todos os nossos funcionários se preocupem em executar seu trabalho de forma segura, atentos às barreiras necessárias e mais eficazes em cada situação e, assim, prevenindo acidentes e promovendo a cultura da segurança”, explica Edi Bortoli, Diretor de Operações da Saneaqua em Mairinque .

Entre os valores da Saneaqua, está “Atuar com segurança”: trabalhar com a preservação da vida em primeiro lugar. A concessionária tem o compromisso de prestar um serviço de qualidade, mas sempre considerando os impactos na saúde das pessoas e na preservação do meio ambiente.

Nova metodologia

Há um ano, a concessionária iniciou a implantação do projeto SWMS – Safe Work Management System, traduzido para o português: Sistema de Gerenciamento de Trabalho Seguro.

O método consiste em sempre verificar quais são as atividades de risco, o que elas podem ocasionar, quais as medidas que podem ser tomadas para controlar esses riscos e evitar que acidentes aconteçam. O objetivo é avaliar os riscos e focar nas atividades de maior complexidade e que apresentam médio e alto risco para os funcionários.

Para a inserção do programa, todos os funcionários passaram por um treinamento em que foram apresentados o método e ferramentas para aplicá-lo. Uma dessas ferramentas é o Plano Diário de Segurança do Trabalho (PDST), que determina que a equipe executora do trabalho deva avaliar as atividades de médio e alto risco nas etapas da tarefa e propor as barreiras de controle, proteção e suporte para minimizar o risco de acidente.

“Com a implantação desse método, criamos uma padronização para avaliar os riscos e antecipá-los, evitando que ocorram. Além de criar uma cultura de preservação à vida”, complementa o diretor.