Segurança, infraestrutura e geração de empregos

A semana foi marcada por sorte e revés em São Roque e região. De um lado moradores de diversas regiões da cidade tem colocado “a boca no trombone” para cobrar melhorias e condições de tráfego para encarar a rotina diária. Crianças disputam com os carros o espaço para trafegar na estrada esburacada do bairro Juca Rocha. Muita lama e enormes depressões na via também fazem parte do cenário. Em Maylasky a situação de uma das ruas é tão grave, que é impossível sair de casa quando a as chuvas fortes chegam.

As manutenções estão acontecendo, segundo a Prefeitura, mas os temporais estão “estragando” e dificultando o serviço de recuperação. São Roque, como Estância Turística, pode muito mais. Colocar como total prioridade a busca de verbas para pavimentações. O turista precisa de boas vias, e, mais ainda, os moradores querem e têm o direito de ir e vir com qualidade de vida. Em Mairinque a situação da rodovia Mario Covas também chegou ao limite. O perigo na via fez a Defesa Civil anunciar a interdição do local, após uma manifestação dos moradores.

E mais uma vez discute-se a questão da segurança nas escolas. Um caso grave de agressão por uma aluna assistida pela inclusão social tomou as manchetes. Pela segunda vez, na mesma escola. É preciso pensar e trabalhar da melhor forma para incluir com segurança para todos.

A boa notícia da semana foi a chegada de uma nova empresa que promete movimentar a economia local, gerar empregos e atrair visitantes para a cidade. A população aprovou e já está ansiosa para as novas oportunidades. Que esta seja a primeira de muitas a trazerem o crescimento para a cidade.