Vivendo aterrorizado

A Organização Mundial da Saúde, presidida por Tedros Adhanom Ghebreyesus, conhecido militante comunista, dita as regras de acordo com seus interesses, e não o que for mais apropriado para o mundo. Fato esse que pode ser observado no desenrolar da pandemia do Covid-19, na qual ele aconselhava a total reclusão, retificando logo depois sua decisão, em razão dos resultados ruins, bem como aliviar a pressão crescente sobre a China, em clara defesa do país amigo. Os chineses fazem retaliações a quem os associam ao Coronavírus, como fez o embaixador deles no Brasil com Eduardo Bonsonaro, que chamou a doença de vírus chinês. Aliás, cresce em algumas nações, a ideia de pedirem à China uma indenização pelo mal que causou, podendo chegar à cifra de muitos trilhões de dólares.   

O novo Coronavírus já está sendo considerado como uma arma biológica, em decorrência da China vir desenvolvendo em seus laboratórios vírus para pesquisa, principalmente os que atacam os pulmões, como foi denunciado pela RAI – Televisão Italiana, em 2015.

No Brasil, ele se transformou em vírus político, e está sendo usado para derrubar as ações que o governo vinha desenvolvendo, sendo a economia, a mais afetada. Um grande número de empresas fecharam suas portas, causando desemprego a milhões de pessoas, e a coisa não para por aí, pois a recessão é uma certeza.

Vários profissionais se dirigiram ao público, para esclarecer a verdade sobre o vírus em questão, como por exemplo, Dr. Osmar Terra, Dr. Alessandro Loiola, Dr. Marcelo Lima, Dr. Luiz Ovando, entre outros. Todos eles são contra a reclusão total, defendendo o confinamento vertical, aquele que preserva os idosos e doentes.    

Levando em conta as explicações que demonstram a verdade sobre o Covid-19, vemos a farsa que foi montada em cima dele, e podemos classificar os que estão usando a doença para desmontar o país, como traidores da pátria e do povo brasileiro, trazendo a desgraça para todos.

Certo biólogo apresentou um estudo, estimando que o Brasil terá cerca de um milhão de mortes pelo vírus. Em cima disso, foi montado um mega esquema hospitalar para atender os infectados. Porém, estão vindo denúncias de diversos recantos do país, de jornalistas, médicos, e outros profissionais da saúde, mostrando em vídeos, hospitais preparados para receberem os infectados, totalmente vazios, bem como a determinação para classificarem o máximo de mortes por Coronavírus, mesmo que indevidamente, o que está gerando uma estatística irreal e criminosa – não se morre mais por outra doença. A quem interessa esses números fatídicos, e por que eles estão sendo gerados?

Algumas emissoras de TV relatam a quantidade de pessoas que contraíram o mal e foram curadas, acalmando os ouvintes, porém, uma delas, com clara intenção de provocar o terror, só fala no número (manipulado) crescente de mortes, dando a entender que poucos escaparão.

Jornais televisivos e impressos do exterior fizeram matérias comentando como a epidemia está sendo usada por alguns políticos para desestruturar o Governo Bolsonaro, o que mostra que, como sempre, estamos dormindo em berço esplendido, enquanto o embaixador chinês está de conluio com alguns governadores, lhes ditando regras.

Acorda povo brasileiro. A China está chegando.

Disney Medeiros Raposo