400 mil empregos temporários devem ser gerados no final do ano

Com a chegada do fim do ano, mesmo em um cenário de pandemia, as oportunidades de trabalho temporário devem crescer nesse período. Segundo dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), cerca de 400 mil vagas temporárias devem ser abertas.

A alta considera o aquecimento de setores da Indústria e do Comércio, com foco em datas como o Natal.

Segundo o presidente da Associação, Marcos de Abreu, neste mês de outubro, o setor da Indústria ainda deve puxar as contratações para suprir a alta demanda do mercado, sendo os principais segmentos que buscam reforços de trabalhadores temporários:

  • Alimentos;
  • Farmacêutico;
  • Embalagens;
  • Metalurgia;
  • Mineração;
  • Automobilístico; e o
  • Agronegócio.

Já nos meses de novembro e dezembro, Marcos de Abreu reforça que o destaque será o Comércio, seguido pelo setor de Serviços para pessoas físicas.

“Com a proximidade do Natal, o comércio abrirá muitas vagas temporárias. Assim, quem está desempregado deve ficar atento a essas oportunidades que vão surgir”, afirma.

Ainda segundo o presidente da Asserttem, a grande dica para o trabalhador é “procurar uma agência de Trabalho Temporário”.

No site da Associação , os interessados têm acesso à lista de agências associadas e registradas no Ministério da Economia, divididas por estado.