Acidente no Alto da Serra deixa vítima em estado crítico

Na manhã desta quarta-feira, 26 de junho, um grave acidente na Rodovia Raposo Tavares (km 51), na região do Alto da Serra em São Roque/SP, acabou envolvendo quatro veículos e deixando uma vítima em estado crítico.

Segundo informações da concessionária responsável pela administração da via, o incidente iniciou quando um Ford Escort, que trafegava no sentido capital, invadiu abruptamente a pista contrária por razões ainda desconhecidas.

Ao cruzar para a outra pista o Escort colidiu frontalmente com um Ford Fiesta. O impacto dessa colisão provocou uma reação subsequente, resultando em dois outros veículos, um HB20 e um Gol, colidindo com o Escort já acidentado. O impacto desta segunda colisão foi tão severo que uma das vítimas ficou presa às ferragens deixando a motorista gravemente ferida. O resgate foi dramático, com a intervenção do helicóptero Águia da Polícia Militar, que precisou aguardar por um tempo até que a saúde da vítima fosse estabilizada e aí sim levada para o hospital.

A Rodovia Raposo Tavares, conhecida por seu intenso fluxo de veículos e obras que estão sendo executadas, tem sido palco de diversos acidentes, levantando questões sobre a segurança viária na região. As autoridades estão investigando as causas dos acidentes para determinar as medidas necessárias para prevenir futuras tragédias. Enquanto isso, a comunidade local aguarda ansiosamente por melhorias que garantam a segurança dos motoristas que transitam diariamente por essa importante via de São Roque. O trânsito ficou parado nos dois sentidos enquanto o helicóptero estava na pista por volta de 30 minutos, deixando um longo congestionamento sentido capital e interior.

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados
Os textos são produzidos com modelo de linguagem treinado por OpenAI e edição de Rodrigo Boccato.