AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

VISITA

O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, recebeu uma missão com dois profissionais indianos do National Dairy Development Board, em sua Sede, na Capital paulista, no dia 12 de dezembro de 2019. O grupo estava interessado em discutir os exames laboratoriais que o Instituto realiza na área animal. Os indianos têm interesse em importar sêmen, embriões e animais vivos do Brasil da raça Gir para produção de leite. 

EQUIPAMENTOS

No decreto, que já está em vigor, indústrias de leite e derivados, frutas secas, moagem e outros produtos de origem vegetal foram beneficiadas com as mudanças. O Governador João Doria assinou, um decreto que faz alterações no ICMS para a aquisição de máquinas importadas no Estado de São Paulo. As medidas beneficiam setores importantes, conferindo maior competitividade ao agronegócio, diretamente à indústria de alimentos paulista, mas com impacto em toda a cadeia produtiva. 
PRODUÇÃO

Aumenta a produtividade de canaviais brasileiros e diminui área ocupada pela cana. Segundo Conab, área de plantio de cana-de-açúcar caiu 1,35% na safra 2019/20; maior queda foi na região Norte. O terceiro levantamento da safra de cana-de-açúcar 2019/20, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), revela um aumento de 4,9% na produtividade dos canaviais brasileiros, em comparação à safra anterior. Nesta colheita, a área plantada diminuiu 1,35%, alcançando 8,5 milhões de hectares.

AMPLIAÇÃO

Em decorrência de forte demanda nas operações de financiamento em investimentos agropecuários do Plano Safra 2019/2020, a Secretaria do Tesouro Nacional autorizou o remanejamento de recursos com juros equalizáveis, sobretudo de custeio, para investimentos. A medida foi tomada a pedido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Foram beneficiados com recursos adicionais vários programas.

INSUPORTÁVEL

Dia, 30 de dezembro, penultimo dia do ano de 2019, no Rio Grande do Sul, igualou a maior temperatura já registrada pela Estação Agrometeorológica da Embrapa Suínos e Aves, chegando aos 37,5ºC. A única vez que a estação da Embrapa havia registrado esta temperatura havia sido no dia 12 de março de 2005, há 14 anos. Além disso, até então, a temperatura mais alta para o mês de dezembro no município era de 37ºC, observada em 1988, 2008 e por três vezes entre os dias 11 e 17 de dezembro de 2018.

TRIGO

Segundo dados do Cepea, as cotações domésticas de trigo em grão iniciaram o ano passado em alta, mesmo com a maior oferta na safra 2018/19 no Brasil e na Argentina. O que chamou a atenção foi o intenso ritmo das importações, que se mantiveram acima de 600 mil toneladas a cada mês, contexto verificado apesar do patamar elevado do dólar. 
AÇÚCAR

A safra global 2019/20 pode registrar déficit de açúcar, após duas temporadas consecutivas de superávit. As esperadas quedas de produção na Índia e Tailândia devem pressionar a produção mundial do produto. Assim, a estimativa da Organização Internacional de Açúcar (OIA) é de déficit de 6,11 milhões de toneladas, número que ainda pode ser ampliado, caso as colheitas nos principais produtores asiáticos (incluindo China, Índia e Tailândia) sejam inferiores às expectativas. 
ARGENTINA

Na última quinzena de dezembro de 2019, as vendas no mercado de grãos entraram em colapso depois de saber o aumento das retenções para 30% em soja e 12% em trigo e milho e com o poder de aumentar outros 3% com a aprovação do a lei da solidariedade no Congresso Nacional. As declarações juramentadas de vendas no exterior (DJVE) para o ciclo 2019/20 tiveram um boom antes que o novo governo assumisse o cargo por causa do medo dos produtores de aumentar as taxas de exportação.
ARROZ

O Uruguai permaneceu em 2019 como principal fornecedor de arroz para o Peru, seguido pelo Brasil e Tailândia. 58% do arroz exportado foi destinado ao Peru, consolidando uma corrente de exportação que é fortalecida a cada ano. O Uruguai aloca 95% da produção de cereais para exportação e o restante para o mercado interno (são consumidos 12 quilos por habitante por ano).