AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

MERCADOS
Brasil alcançou a marca de 60 mercados externos abertos para produtos agropecuários desde janeiro de 2019. O mais recente é a habilitação de estabelecimentos para venda de lácteos para a Tailândia. Entre outros produtos que serão exportados estão melão para China (primeira fruta brasileira para o país asiático), castanha de baru para Coreia do Sul, gergelim para a Índia, castanha do Brasil para Arábia Saudita e material genético avícola para diversos países.
ONLINE

O serviço de habilitação de médicos veterinários da iniciativa privada para atuação no Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT), do Ministério da Agricultura, (Mapa), passou à partir do dia (19), a ser realizado de forma online no Portal Gov.Br. Além da habilitação, será possível solicitar a atualização cadastral e a desabilitação.
ZONEAMENTO

Foram publicadas no Diário Oficial da União das portarias com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), ano-safra 2020/2021, para o cultivo de amendoim para todas as unidades da Federação e também para o plantio do consórcio milho com braquiária de 1º safra no Distrito Federal e em 14 estados.
OPORTUNIDADES

Dando continuidade à iniciativa de debate com atores das principais cadeias de valor da sociobiodiversidade da Amazônia, foi realizado na última semana o terceiro workshop virtual dos Diálogos Pró-Açaí, uma iniciativa do Projeto Mercados Verdes e Consumo Sustentável, parceria entre o Ministério da Agricultura, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ). 
DOÇURA

Trabalho de polinização garante 1/3 da produção mundial de alimentos. Esses insetos são fundamentais para a economia e a ecologia, já que seu trabalho de polinização garante 1/3 da produção mundial de alimentos. Em 20 de maio foi comemorado o Dia Mundial das Abelhas. O Instituto Biológico é a única instituição pública do País que fornece abelhas rainhas para os apicultores. O trabalho é realizado em Pindamonhangaba, interior paulista. Os produtores de todo o Brasil podem encomendar abelhas rainhas virgens e fecundadas e recebê-las na propriedade, pelos Correios. 
APOIO

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo apoia a campanha para incentivar o uso de etanol, junto aos brasileiros que precisam sair de casa e usar seus veículos, lançada no último dia 12 de maio pelo sistema FAESP/Senar-SP e sindicatos rurais. A campanha “Na hora de abastecer, escolha ETANOL” visa chamar atenção para a relevância desse setor, que é o maior do agronegócio paulista.
CITROS

A safra de laranjas 2019/2020 no cinturão citrícola foi, aproximadamente, 35% maior que a anterior, graças à ciência agronômica que viabiliza a produção de citros com qualidade praticamente o ano todo. Atualmente, no estado de São Paulo, graças às pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura, há oferta de variedades de citros praticamente durante todo o ano. 
500 DIAS

Nos primeiros 500 dias do Governo João Doria, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo inovou a sua gestão e a forma de atuação para fortalecer um dos mais competitivos ecossistemas agro do mundo. As ações foram pautadas pelo Macro Programa “Cidadania no Campo 2030”, que tem como pilares Saudabilidade e Segurança dos alimentos; Infraestrutura no Campo; Produção, Distribuição e Consumo Sustentável; Inovação; Empreendedorismo; e Agro SP Sustentável.
PESQUISA

Unidades de pesquisa da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura, vêm realizando colheitas de grãos ligadas a diversos experimentos. No Polo de Pindorama da APTA, a colheita de amendoim realizada nas últimas semanas deverá trazer informações importantes sobre novas cultivares.
MUDANÇA
Tema tratado no Agro Cartoon 376, a medida provisória (MP) 910, perdeu a vigência em 19/5, porque foi objeto de polêmica, entre a bancada ambientalista e a do agronegócio, e não foi votada pelo Congresso Nacional até 19 de maio. Agora foi transformada em Projeto de Lei (PL) 2633/2020.