AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

EUA/CHINA. A China elogiou ontem, segunda-feira o significativo alívio na tensão comercial com os Estados Unidos, com o governo afirmando que o acordo alcançado foi do interesse de ambos os países. Uma guerra comercial ficou “em modo de espera” após as duas maiores economias do mundo terem concordado em retirar suas ameaças de tarifas enquanto trabalham em um acordo comercial mais amplo, disse o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, no domingo. A China importaria mais commodities agrícolas e de energia dos Estados Unidos para fechar o déficit comercial anual em bens e serviços dos EUA com a China, que soma 335 bilhões de dólares. Durante uma rodada inicial conversas no início deste mês em Pequim, Washington demando que a China reduza seu superavit comercial em 200 bilhões de dólares. Em entrevista, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Lu Kang, afirmou que ambos os países reconheceram claramente que chegar a um consenso é bom para todos. Mnuchin disse que os EUA esperam ver um grande aumento entre 35 a 40 por cento em exportações agrícolas para a China e a duplicação das compras de energia nos próximos três a cinco anos.

BIOTECNOLOGIA. Na pauta da última agenda da missão internacional para expandir o mercado brasileiro de agronegócio na China, o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), esteve sexta-feira, dia (18), com o ministro da Agricultura de Hangzhou, discutindo sobre biotecnologia. Segundo Blairo Maggi, a política de uso de OGM (Organismo Geneticamente Modificado) estabelece normas de implementação que vão desde a comercialização ao consumo.

SAÚDE ANIMAL. Em Paris, no domingo (20), o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, em discurso na abertura da 86ª Sessão da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), disse que o reconhecimento do Brasil como país livre da aftosa com vacinação é “a vitória de uma longa e dura trajetória de muita dedicação de pecuaristas e do setor veterinário oficial brasileiro”, disse o Ministro.

AGRICULTURA. No balanço das ações realizadas nos últimos dois anos – 2016 e 2017 – pela Secretaria de Mobilidade Social do Produtor Rural e do Cooperativismo (SMC) destacam-se o atendimento, em todo o País, a milhares de pequenos e médios produtores rurais por meio de treinamentos, capacitação em gestão e educação cooperativa, entrega de kits de irrigação e fomento ao desenvolvimento da classe média rural.

CAFÉ. O Brasil terá a maior produção de café da sua história. É o que confirma o 2º levantamento da safra 2018, divulgado quinta-feira (17) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A quantidade total deve ficar em 58 milhões de sacas beneficiadas de 60 quilos.

PESQUISA. A pesquisa agropecuária paulista sempre nos encheu de orgulho e, agora, mais uma vez mostra sua força e sua relevância. A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) da nossa Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo é uma das seis finalistas da Animal Health Innovation Latin America, na categoria Showcase Regional 2018, que será realizado na capital paulista entre 29 e 30 de maio.

CAMPANHA. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo está arrecadando roupas, agasalhos, calçados e cobertores em bom estado de conservação para a Campanha do Agasalho 2018. A iniciativa é do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), com parcerias de todas as Secretarias de Estado, empresários e a sociedade civil.

BRASILEIRO. Iniciativa da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) elabora o inédito Código de Conduta para a Gestão de Fertilizantes (CoCoFe), semelhante ao que já existe para os pesticidas. O Código vai auxiliar os países na concepção de políticas e regulamentação para o uso sustentável do insumo. Reunião que aconteceu na sede da FAO, em Roma (Itália), entre os dias 07 e 09 de maio.

CONJUNTURA. A safra brasileira de grãos 2017/18 começou com previsões menos otimistas em relação à 2016/17. No primeiro levantamento, estimativas iniciais da CONAB apontavam para uma produção de até 228,2 milhões de toneladas, sendo a soja em até 108,3 milhões, uma retração de 5% em relação à safra passada da oleaginosa.

EDITOR. O jornalista Mauricio Picazo Galhardo tem 60 anos, é paulistano do bairro do Brás. Esteve por dois anos morando no exterior; na República Oriental do Uruguai, República do Paraguai e República Argentina. Em 2013 se interessou pelo setor do agronegócio, onde agora tem esta coluna semanal de noticias do agronegócio em geral. Também é o autor do quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicada no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br.

(Texto(s): Reuters, Mapa, Secretaria da Agricultura e Abastecimento S.Paulo, Embrapa, Agrometrika)