Atraso em obras de gestões passadas obriga Prefeitura a devolver mais de R$ 1,4 mi ao Governo Federal | O Democrata
Foto: Alan Vianni-(UBS, bairro Guaçu) – Prazo para conclusão das obras de construção das Unidades Básicas de Saúde no Guaçu e no Taboão não foi cumprido.

Devido a atrasos ocorridos nas gestões anteriores, a atual administração da Prefeitura de São Roque devolveu ao Ministério da Saúde mais de R$1.4 milhões, que eram destinados à construção das Unidades Básicas de Saúde nos bairros Guaçu e Taboão. Nenhuma das obras foi concluída no prazo estipulado, motivando o Projeto de Lei 10/2022, que estabelece a devolução dos recursos e que aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal. Os trabalhos, no entanto, seguem sendo executados pela atual gestão, que prevê a entrega de ambas as unidades ainda neste ano.

Os recursos originalmente destinados às obras foram trazidos ao Município através de convênio entre a Prefeitura e o Governo Federal, em 2013. Como o prazo para conclusão dos trabalhos expirou em 2018, e não foi cumprido pelas administrações anteriores, a atual gestão foi convocada a fazer a devolução dos valores.

Mesmo com a perda do recurso, a construção das Unidades Básicas de Saúde dos bairros Guaçu e Taboão foi retomada em 2021, e a previsão é de que as duas unidades sejam entregues ainda em 2022. As UBS são o primeiro contato do cidadão que procura o sistema de saúde, e oferecem, além dos cuidados básicos, como medicação leve, indicação para especialistas ao constatar-se um caso mais grande.

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados