Brasil: o país dos descasos

 

A deturpação de diversos princípios de importância fundamental na rotina da sociedade brasileira está fazendo com que a nação como um todo retroceda de forma surpreendente em diversos pontos. O descaso se instalou na maioria das instâncias, e, para todos os lados que nos viremos, veremos absurdos sendo cometidos como se fossem coisas normais. Os assuntos da política já causaram tantos escândalos, que o povo está se tornando apático devido à repetição constante de impropérios e condutas aviltantes de seus participantes.

A postura do ex-presidente Lula e de seu partido, afrontando leis, humilhando a inteligência do povo, e querendo impor sua vontade mesmo que vá contra todos os princípios da ética e da decência, é uma amostra do que se tornou o país depois da era das bandeiras vermelhas. Esses políticos que estão transtornando a vida de milhões de pessoas, já deveriam ter sido removidos de suas posições há muito tempo, em benefício da população brasileira, que, vítima de suas garras, sente a proximidade de seus últimos suspiros, e aspira por um milagre que os liberte de um fim trágico.

O bom senso não existe mais em boa parte dos que ocupam cadeiras nos âmbitos governamentais, e boa parte das administrações, se deixaram contaminar pelo descaso, companheiro da irresponsabilidade.

Vemos um congresso corrompido, a câmara dos deputados comprometida, e o judiciário encurralado num beco sem saída, uma vez que precisa dar uma solução para o caso de Lula, sendo impossível agradar a “gregos e troianos”. Acontece que, boa parte dos ministros que ocupam suas cadeiras, foram indicações dos petistas, numa clara articulação para dominar o poder do país. Como esperar imparcialidade dessa turma, uma vez os vínculos que unem acusados e acusadores vão além do permitido? Sendo assim, fica mais claro o entendimento sobre as condutas conflitantes desses ministros em diversas resoluções que chocaram a opinião pública. O judiciário se parece hoje mais com um palco de teatro, onde seus personagens desenvolvem papéis que foram habilmente escritos por mãos maléficas.

Mas, o descaso não se resume apenas a esses cenários depravados, pois ele se faz presente onde menos se possa imaginar. Muitas denúncias sobre situações desumanas ocorridas nos centros de saúde chegaram ao conhecimento das pessoas. Pacientes sendo atendidos sem as mínimas condições de higiene, medicamentos vencidos ou mesmo a falta deles, atendentes sem as mínimas condições de trabalho etc. Porém, nada pode chocar mais os nossos já sofridos conceitos humanos, que ver um bebê em um leito de UTI com formigas andando por seu corpo e entrando em seus olhos e narinas. A denúncia veio ao ar nessa terça-feira, filmada por um enfermeiro em um hospital de Minas Gerais.

Hoje o Brasil é o resultado das ações dos últimos governos que o dilacerou. Até quando vamos permitir que isso prossiga?