Câmara de Mairinque suspende expediente após casos confirmados de Covid-19 entre funcionários e vereadores

Antes de realizar a abertura do atendimento presencial nos gabinetes e nas dependências da Casa de Leis, o presidente da Câmara de Mairinque, Pastor Kennedy Marques, determinou que funcionários e vereadores realizassem nesta semana testes rápidos para detectar a infecção por Covid-19 (Ato da Presidência nº 15/2020).

Após a realização de testes, foi constatado que dois vereadores e um assessor estão com a fase ativa da doença. Já outros dois funcionários e um vereador já entraram em contato com o vírus, mas estão recuperados. Outros dois servidores que não realizaram o exame já se encontravam em isolamento.

Diante do iminente risco à saúde dos demais funcionários, vereadores e munícipes, o presidente da Câmara determinou a suspensão do expediente e atividades administrativas e legislativas por um período de 10 dias. O retorno do expediente está previsto para 17 de agosto. Nesse período as dependências da Câmara passarão por desinfecção. “Após o retorno será analisada a possibilidade de realização de novos testes antes de determinarmos a abertura para o atendimento presencial nos gabinetes dos vereadores”, disse o Pastor Kennedy Marques.