CBA abre as inscrições para o Programa Aprendiz 2021

A CBA abre na próxima segunda (10) as inscrições para o Programa Aprendiz 2021, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). As inscrições poderão ser feitas entre 10 e 21 de agosto, por meio do site https://aprendiz2021cba.gupy.io/, e os resultados devem ser divulgados em outubro.

Por meio da iniciativa, serão oferecidas 96 vagas na Fábrica da Empresa em Alumínio (SP) para jovens que buscam uma oportunidade de ingresso no mercado de trabalho com direcionamento e qualificação técnica. Há pouco mais de 30 vagas para cada uma das três áreas contempladas pelo programa, nos setores Administrativo, de Mecânica e de Operação de Processos Metalúrgicos (OPM).

“O programa Aprendiz é uma das principais portas de entrada na CBA. Entendemos que essa é uma oportunidade muito importante para os jovens iniciarem a trajetória profissional e também para que possam colaborar e ser parte de um ambiente de trabalho norteado pela inclusão, diversidade e pelo respeito às pessoas”, afirma Lucia Garcia, Gerente de DHO (Desenvolvimento Humano e Organizacional) da CBA.

Em meio à pandemia do novo coronavírus e às medidas preventivas que vêm sendo adotadas para reduzir os riscos de contágio, esta é a primeira vez em que o processo seletivo será realizado integralmente de forma online.

O programa está disponível para jovens de 18 a 23 anos que tenham concluído o ensino médio, e morem nas cidades de Alumínio, Mairinque, São Roque, Sorocaba e Votorantim, municípios que ficam próximos à Unidade onde são disponibilizadas as oportunidades. A iniciativa não presume que os candidatos tenham formação específica ou experiência prévia em atividades correlatas aos cursos em que escolhem ingressar. O processo é aberto para pessoas com deficiência.

A participação do público feminino no processo seletivo para o programa tem se ampliado, incluindo as áreas de Mecânica e de Operação de Processos Metalúrgicos. “A CBA conta com muitas empregadas nessas áreas, e o programa de aprendizes é uma excelente entrada na companhia para as jovens”, afirma Lucia. “Não consideramos a existência de áreas de trabalho ‘masculinas’ ou ‘femininas’ na empresa, e queremos ampliar cada vez mais a presença das mulheres em todas as áreas da CBA”, complementa.

Os aprendizes selecionados receberão um salário mínimo (R$ 967) durante o período do programa, além de vale-transporte, convênio médico, convênio odontológico, cesta básica e utilização do refeitório para café da manhã e almoço.

Os participantes do programa passam a atuar no próximo ano e irão conciliar cursos de formação, concebidos e ministrados pela unidade do Senai em Alumínio (SP), com atividades profissionais na empresa – compostas por jornadas de até 35 horas semanais, que variam de acordo com o curso escolhido. Para as áreas Administrativas e de Operação de Processos Metalúrgicos, o programa tem duração de um ano. Já para a opção de Mecânica, a duração é de dois anos. Ao final do processo, os aprendizes passam por seleção interna e podem ser efetivados, caso haja vagas disponíveis.