Cidade Inteligente por Mauricio Picazo Galhardo

Então olhei para os céus e vi a cidade…
– Quero saber apresenta:

“… aconteceu nos Estados Unidos em fevereiro o Fórum de Perspectivas Agrícolas de 2020, sob o tema “O imperativo da inovação: moldando o futuro da agricultura.” Os temas deste ano foram: inovações na agricultura, tendências do comércio global, perda e desperdício de alimentos, fronteiras em conservação e ciência da segurança alimentar. O secretário de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue, disse: “temos um desafio à nossa frente: atender a futuras demandas de alimentos, fibras, combustíveis e alimentos com recursos finitos”…

* É compatível inovação e sustentabilidade?
* Alimentar todo o mundo faz parte do Brasil, também?
* Qual é a missão do Estado e dos homens da agricultura nisso tudo?

Hoje é preciso falar que a inovação tem que ser submissa a sustentabilidade, ou seja: primeiro vem a sustentabilidade depois a inovação. O pequeno agricultor em todo o mundo precisa ser incorporado ao mercado e ao processo de desenvolvimento. Fazem parte disto: o acesso à informação, ao crédito, aos canais de comercialização. Ser competitivo e sustentável é pré-requisito para a integração de todos os agricultores no processo de bem estar social e futuro da agricultura no Brasil e no mundo. É preciso incluir os produtores familiares nisto. O Brasil precisa aprender com os americanos, inclusive o Mapa devería também realizar Fóruns como este, sería muito enriquecedor para todos: acrescentar, mobilizar, participar, informar, estar frente à frente.

– Por hoje é isso. Boa semana, forte abraço e até a próxima com uma palavra cidade inteligente.