Com as próprias mãos: Fábio Camargo Natalino constrói praça e área de lazer para as crianças em bairro de São Roque

“Não existe dinheiro que pague ver o sorriso no rosto das crianças do bairro”. Essa é a frase de Fábio Camargo Natalino, morador do bairro Cambará, em São Roque.

Há dois anos, por meio próprios, Fábio começou um projeto de revitalização na Rua José Trujillo que da acesso ao antigo bairro Pito Aceso.

No projeto, Fábio, construiu uma praça para as crianças brincarem, com gira-gira, balanços e um campinho de futebol, tudo feito “no braço” e praticamente sem ajuda. Fábio plantou árvores, flores, plantas e até fez uma horta comunitária para os moradores.

Nesta semana fomos até o local e podemos ver a incrível mudança que ocorreu no local. Nas fotos é possível ver a área usada por Fábio completamente tomada pelo mato. Com um trabalho árduo e com paixão, o local foi se transformando em um espaço aconchegante e lúdico.

“Tudo começou quando vi as crianças brincando na rua, sem nenhum lugar adequado para se divertirem. Foi quando peguei uma enxada, picareta e enxadão e comecei a limpar a rua. Antes de construir a praça, comecei a ver os idosos sofrendo para subir a rua que é bastante íngreme, aquilo não me deixava dormir, ver as pessoas naquela situação. Foi quando tive a ideia de colocar alguns bancos para os idosos irem descansando no caminho”, disse Fábio.

Ao longo do caminho é possível ver os bancos e mesas de madeiras espalhados pela via. E o mais fantástico disso tudo é que Fábio já pensou na manutenção do local e na limpeza.  Os bancos e as mesas foram construídos com pallets que o próprio Fábio reciclou após um veículo despejar o material em local proibido. O que era lixo para uma pessoa virou móveis usados pelos moradores do bairro.

“Por ser um lugar com uma vista linda, muitas pessoas vinham até aqui é despejavam diversos tipos de lixo. Foi quando consegui através de doações diversas latas de tinta vazias, que acabei transformando em lixeiras”, completou Fábio. Ao longo do trecho, Fábio instalou aproximadamente 15 lixeiras.

Através do trabalho duro de Fábio, o espaço recebe diariamente aproximadamente 20 crianças e adolescentes.

“Você precisa ver isso aqui no fim de semana, é gente brincando, jogando bola, dando risada. Pra mim é uma satisfação ver esse espaço sempre cheio de famílias”, comenta Fábio.

Como o projeto sobrevive através das mãos e recursos de Fábio, que trabalha como jardineiro, ele necessita de doações para manter o trabalho.

“Aqui na nossa praça precisamos de alguns brinquedos para as crianças, como escorregador, ‘pula-pula’, gira-gira, cordas para fazer balanço, materiais esportivos como bola e redes, brinquedos, livros, instrumentos e o que for para dar alegria as crianças”, desabafa.

Diante de tantos problemas que estamos enfrentando atualmente e historicamente,, ver a atitude e felicidade de Fábio, é uma fagulha de esperança em uma sociedade cada dia mais egoísta. Quer tiver condições e queira ajudar este projeto favor entrar em contato com o Fábio Camargo Natalino, através do telefone 011-9-5039-15647.

Galeria com fotos do antes e depois da praça e área de lazer

Antes

Depois

Matéria: Alan Vianni