Comércio poderá reabrir a partir de segunda-feira, 19/04

O vice-governador, Rodrigo Garcia, anunciou nesta sexta-feira, 16, a evolução de São Paulo no combate à pandemia de coronavírus. Foi criada a “Fase de Transição” do Plano SP, uma intermediária entre as fases vermelhas e laranja. A partir de segunda-feira, 19/04, o comércio poderá reabrir nos horários entre 11h e 19h.

No domingo, 18, os shoppings centers já estão autorizados a funcionar, o mesmo acontece para cultos e missas. Nos dois casos, os locais devem observar o limite máximo de 25% da capacidade.

No próximo sábado (24), poderão voltar a operar restaurantes, salões de beleza e academias. Também estão autorizados cinemas, teatros, museus, eventos e convenções sempre das 11h às 19h, com controle de acesso, público sentado, assentos marcados e público limitado a 25% da capacidade total; 

Academias, clubes e centros esportivos podem funcionar partir do dia 24 de abril, das 7h às 11h e das 15h às 19h, apenas para atividades físicas individuais agendadas, com público limitado a 25% da capacidade total.

Com taxas de ocupação dos leitos de UTI acima dos 80%, a secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, Patricia Ellen, avalia que o retorno do estado à fase laranja deve acontecer somente com a maior disponibilidade de leitos de terapia intensiva.

Em entrevista à CNN, Patrícia disse “Tivemos uma segunda onda agora com pico que é mais que o dobro que a primeira. Mas ficou claro, duas semanas depois do início da fase emergencial, que revertemos uma curva que estava se acelerando nas internações”.

 “A fase laranja, é 75% de ocupação” completou a secretária que avalia que o retorno à fase laranja deve acontecer somente com a maior disponibilidade de leitos de terapia intensiva.

Ontem, o Governo do Estado de São Paulo divulgou um boletim com os dados da pandemia e se observa que as taxas de ocupação dos leitos de UTI registradas foram de 78,7% na Grande São Paulo e 83% no Estado. O número de internações segue em declínio. São 25.063 internados, sendo 11.756 em leitos de Terapia Intensiva e 13.307 em enfermaria.

Com taxas abaixo de 75%, algumas cidades pleiteiam a evolução para uma fase com menos restrições ao setor de comércio e serviço.

É o caso de Ribeirão Pires que afirma que os leitos estão por volta de 70% ocupados e pede junto do Consórcio ABC, que envolve mais seis cidades, a volta da fase laranja. A região informou em ofício que tem 79,86% de leitos de UTI ocupados.

O Estado está na Fase Vermelha com a manutenção das restrições de circulação das 20h às 5h e veto a cerimônias religiosas coletivas até domingo, 18/04.