Conferência Municipal de Assistência Social elege delegados para representar São Roque em evento estatual

A 12ª Conferência de Assistência Social de São Roque escolheu os delegados que representarão a cidade na Conferência Estadual de Assistência Social, que acontece nos dias 04 e 05 de outubro. Os representantes da sociedade civil são Maristela Carla da Silva Mateus (titular) e Alexsandro Silva Sampaio (suplente), enquanto os representantes governamentais são Helen Matos Pinheiro de Almeida e Silva (titular) e Kátia da Consolação Neves Cassimiro (suplente).

Além da escolha dos representantes, o evento teve o objetivo de fomentar o debate sobre os direitos socioassistenciais da população, sendo uma iniciativa do Conselho Municipal de Assistência Social de São Roque (CMAS), em conjunto com o Departamento de Bem-Estar Social e com apoio do Departamento de Educação de São Roque.

Com o tema “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, a ação também contou com a participação do prefeito Guto Issa e do vice Maique Boccato.

“A Assistência Social é uma ferramenta importante de proteção social dos nossos cidadãos. Eventos como este são importantes, pois promovem o diálogo e abrem espaço para novas ideias que nos permitam atender de forma mais efetiva aqueles que mais precisam”, afirmou o prefeito Guto Issa.

Durante o evento, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o funcionamento das políticas públicas de assistência social e a importância da utilização de recursos públicos para diminuir as desigualdades sociais. Com a abertura do espaço democrático para o debate de ideias, puderam conhecer, avaliar e propor o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) como garantia dos direitos socioassistenciais.

“São Roque experimenta um aumento promissor na geração de rendas, com a chegada de vários empreendimentos de grande porte, ao que se alinha o valoroso olhar humanizado da administração do prefeito Guto Issa, voltada à população por inteiro, mas, principalmente, à parcela que mais necessita de recursos e apoio. Nada mais oportuno do que esse momento, portanto, para se debater e cobrar a importância do financiamento público para enfrentar as desigualdades sociais e garantir a proteção integral à população que busca amparo no Sistema Único de Assistência Social”, declarou Simone Júdica, Diretora do Departamento de Bem-Estar Social.