Defesa Civil faz alerta para tempestades na região

Alerta inclui tempestades, raios e inundações

A Defesa Civil do Estado de São Paulo emitiu na manhã deste sábado, 22, um alerta para os riscos acusados por uma tempestade que deve atingir toda região.

O clima e a chuva intensa se estende desde Sorocaba até o sertão de Ibiuna e a risco para inundações e raios.

O que fazer durante:

  • Ao aviso de tempestade ou ao escutar trovões, abrigue-se imediatamente em uma edificação ou veículo, permanecendo longe de janelas, tomadas e materiais metálicos e evitando árvores ou coberturas metálicas frágeis;
  • Ao notar rachaduras e trincas no telhado, saia imediatamente;
  • Desconecte aparelhos eletrônicos das tomadas;
  • Não utilize aparelhos conectados às fiações telefônica e elétrica;
  • Se estiver em qualquer área aberta, como praia, piscina, estacionamento e campo de futebol, saia imediatamente;
  • Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, antenas e caixas d’água;
  • Afaste-se de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas, cercas de arame etc.;
  • Não solte pipas e não carregue objetos como canos e varas;
  • Evite dirigir e andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;
  • Quando dirigindo sob chuva, evite passar e estacionar perto de cabos elétricos, torres de transmissão, outdoors, andaimes, escadas e outras estruturas que não pareçam seguras.

Sobre este alerta

Tempestades são marcadas por ventos fortes e intensa precipitação. São características do verão, podendo vir acompanhadas de trovoadas e raios, que são uma das principais causas de lesões e morte devido a riscos relacionados ao clima. 

Os raios são mais comuns no verão, mas podem ocorrer no inverno e, ao contrário do que muitos pensam, podem cair duas ou mais vezes no mesmo lugar, normalmente atingindo o objeto mais alto de um determinado local.

Já as chuvas de granizo acontecem devido à queda brusca de temperatura, responsável pela formação de pedras de gelo no interior das nuvens.

O que fazer antes:

  • Conheça o risco da sua região para tempestades. Na maioria dos lugares, elas podem ocorrer durante todo o ano e a qualquer hora;
  • Conclua construções mal-acabadas;
  • Evite cobrir edificações com telhas de zinco, pois são danificadas mais facilmente pelas chuvas;
  • Faça manutenção no madeiramento do telhado, para não ocorrer destelhamento em razão de chuvas;
  • Considere comprar para-raios ou um sistema contra raios para proteger sua casa, eletrodomésticos e dispositivos eletrônicos;
  • Preste atenção aos boletins meteorológicos e avisos de tempestades. Esteja pronto para alterar seus planos e, se necessário, estar perto de abrigo;
  • Ao ser noticiado sobre chuva de granizo, deixe o veículo em local coberto, para evitar danos na lataria e nos vidros;
  • Durante esses eventos, podem ocorrer congestionamentos no trânsito, alagamentos, quedas de árvores, interrupção na rede elétrica, destelhamentos e danos às plantações.

O que fazer depois:

  • No caso de destelhamento, verifique a estrutura do madeiramento antes de entrar na edificação e observe se existem rachaduras e trincas no telhado;
  • Não realize manutenção no telhado enquanto há granizo, evitando acidentes;
  • Mantenha-se abrigado até obter informações de que o caminho está seguro;
  • Não transite por vias cobertas por água e/ou granizo;
  • Preste atenção a árvores e cabos elétricos caídos.