Evite o trânsito no sistema Castello-Raposo na volta do feriado

De acordo com a CCR Viaoeste, que administra o sistema Castello-Raposo, a volta do feriado de Carnaval será intensa, portanto é preciso atenção e alguns cuidados. Segundo as recomendações da empresa os motoristas devem evitar os horários de maior movimento na volta do feriado, que são nesta terça-feira de Carnaval (25), com expectativa de fluxo intenso das 13h às 20h, e na quarta-feira de Cinzas (26), das 12h às 20h, no sentido Capital.

A circulação de mais de 779 mil veículos foi prevista para o Sistema Castello-Raposo, entre 0h de sexta-feira (21) e 24h de quarta-feira de Cinzas (26).

Cuidados

Para garantir que a viagem seja realizada com segurança e tranquilidade, a concessionária recomenda aos motoristas uma revisão do veículo, com checagem dos itens de segurança, como pneus, incluindo estepe, freios, faróis e limpadores de para-brisa. Também é importante ficar atento ao nível de água, óleo do motor e combustível. Caso o usuário precise de auxílio mecânico, pode entrar em contato 24h com a ViaOeste pelo 0800 701 5555.

Além disso, a empresa alerta para os dias de chuvas, típicas no verão. Os motoristas devem ter maior prudência quando a pista estiver molhada, além de reduzirem a velocidade e manterem a distância do veículo à frente. Caso a chuva esteja intensa, o melhor é parar em um posto de serviço e aguardar.

Atendimento ao usuário

As equipes de atendimento da concessionária estarão em plena atividade para atender a demanda adicional de veículos durante o feriado e as praças de pedágio atenderão com capacidade plena nas cabines de arrecadação. Caso seja necessário, a concessionária acionará a operação “papa-fila”.

Restrições

No domingo (23) e na terça-feira de Carnaval (25) o tráfego de caminhões estará proibido na rodovia Castello Branco (SP-280), no sentido Capital, entre às 14h e 1h.

As obras em execução no Sistema que possam causar interferência no tráfego, como desvios ou interdições de pista, serão suspensas durante os horários de pico estabelecidos, para que os usuários possam trafegar com capacidade plena da rodovia.