Diferença de menos de 2% decide eleição na Colômbia | Geral

No último domingo, 19, a Colômbia escolheu o novo presidente do país, Gustavo Petro venceu, no segundo turno das eleições, Rodolfo Hernández com pouco mais de 11,2 milhões de votos (50,44%) contra aproximadamente 10,5 milhões de votos (47,31%) do adversário. A pequena diferença, de pouco mais de 700 mil votos, chama ainda mais atenção ao ser observada a abstenção de mais de 40% dos eleitores.

De um total de quase 40 milhões de eleitores colombianos, uma diferença de menos de 2% mudou a direção política do país. Petro é considerado o primeiro presidente de esquerda da Colômbia que tradicionalmente foi governada por políticos mais alinhado com uma politica econômica liberal.

O próprio Gustavo Petro, que toma posse em 7 de agosto deste ano, destacou: “As eleições mostraram mais ou menos duas Colômbias, próximas em termos de votos” e completou “O que está por vir é uma mudança de verdade, uma mudança real, na qual comprometemos a própria vida. Não vamos trair esse eleitorado. A partir de hoje, a Colômbia muda, a Colômbia é outra“.

Fonte: El Nuevo Siglo

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados