Justiça nega Habeas Corpus para Carlos Aymar

Na noite desta quarta-feira, 11, a Justiça negou um pedido de habeas corpus para o ex-prefeito de Araçariguama, Carlos Aymar, que está preso preventivamente por suspeita de corrupção. O pedido foi feito junto ao STJ em forma de liminar que foi negada pelo ministro Sebastião Reis Junior.

O Ministério Público acusa Aymar de receber propina dentro da prefeitura da cidade de Araçariguama por conta de uma tratativa para construção de um conjunto habitacional.

Aymar e o secretário Israel Pereira da Silva Foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Sorocaba em 14 de outubro deste ano.