Melaleuca ou Árvore do Chá

Melaleuca alternifólia é originária da Austrália e é usada para extração do óleo essencial desde o século 18, pode chegar a 7 metros e costuma ter maior porte em locais pantanosos. No início se usava as folhas da melaleuca para fazer emplastos para tratar cortes e infecções da pele. Mais tarde, a utilização do óleo que é antimicrobiano se tornou popular entre a população. 

Esta planta tem em sua composição alguns componentes com  propriedades bactericidas, fungicidas, anti-inflamatórias e cicatrizantes, com maior concentração nas folhas, que é de onde se extrai o óleo essencial.

Por ter propriedades bactericidas, o óleo desta planta pode ser usado como antisséptico ou para ajudar a desinfectar feridas. Além disso, também auxilia na cicatrização de lesões na pele e na redução de inflamações. Pode ainda ser usada para tratar fungos nas unhas, candidíase, micose nos pés e no corpo ou eliminar a caspa, com suas propriedades fungicidas e calmantes, que além de ajudarem a eliminar os fungos, aliviam também a coceira causada pela micose.

O óleo de Melaleuca é em conjunto com outros óleos essenciais, como lavanda ou citronela, um excelente repelente de insetos e ajuda a eliminar piolhos.

Dentro de casa pode ser usado para limpar superfícies com ação desinfectante, se misturado na água ou vinagre. Para ambiente úmidos, misture algumas gotas de óleo com a água dentro de um borrifador. Agite bem e aplique sobre rejuntes de azulejos, pode ser também a parede de um armário, e até brinquedos que estejam com mofo. Após aplicar sobre a área com mofo, deixe o produto agirpor algumas horas e depois enxague ou passe um pano úmido. Para a limpeza da casa, separe uma quantidade de água que é utilizada para essa finalidade e em seguida, adicione algumas gotinhas do óleo. Essa solução é excelente para lavar balcões, pias, fornos, ou áreas de animais.

Os princípios ativos encontrados no óleo de melaleuca aliviam e relaxam dores musculares. Por ter propriedades anti-inflamatórias são excelentes para tratar dores pós-treino. Pois, estimula o fluxo sanguíneo para a área específica, acelerando a cicatrização e aumentando a taxa de novos tecidos e no crescimento celular. Separe uma colher de sopa de óleo vegetal (pode ser coco, amêndoas, copaíba). Misture 3 gotas de óleo essencial de melaleuca e passe no local da dor, massageando bem.

O óleo de melaleuca fortalece a imunidade e éindicado para pessoas que sofrem com a herpescomum e estão no meio de um surto de infecções virais. Para quem está com baixa imunidade, o óleo de melaleuca funciona também como revigorante.Nesse caso, pode ser colocado algumas gotas na água quente e respirar, ou colocar as gotas em um lencinho de papel e respirar profundamente. Muitos óleos essenciais são repelentes, pois, as plantas (de onde são extraídos), em seu processo de evolução, precisaram encontrar formas de se proteger dos insetos. O óleo de melaleuca pode ser usado em difusores de ambientes (elétrico ou em vela): basta colocar cinco gotas diluídas em água, ligar seu difusor e deixar o ambiente mais protegido.

Porém preste atenção, pois, não é porque um produto é natural que ele não é tóxico. Nunca ingira o óleo de melaleuca. Ele pode, sobretudo, causar confusão, dificuldade em controlar os músculos e em fazer movimentos ou causar diminuição da consciência. Importante também lembrar que o óleo essencial é extremamente tóxico para animais de estimação, principalmente para os gatos. Por isso, atenção onde coloca ou guarda o seu óleo de melaleuca.

Silvia Hermida – Bióloga e Produtora Rural

Fonte: O livro completo das plantas. Reader’s Digest, 2009. RJ.

Toda quinta-feira os cidadãos de São Roque têm a oportunidade de interagir e adquirir produtos produzidos localmente com manejo agroecológico na Feira Agroecológica de São Roque, que ocorre na Av. 3 de Maio, 900 das 8h até as 12h. @feiraagroecosaoroque